You are here

Pesquisar

Artigo | 20 de July

<p>
<img src="/sites/default/files/images/stories/politica/julho07/francisco_20-07-2007.jpg" alt="francisco_20-07-2007.jpg" title="francisco_20-07-2007.jpg" class="jce_tooltip" height="165" width="220" /><span><span>No debate do Estado da Na&ccedil;&atilde;o, </span></span><span><span>Francisco Lou&ccedil;&atilde; </span></span><span><span>criticou as posi&ccedil;&otilde;es assumidas pelas confedera&ccedil;&otilde;es patronais, afirmando que &quot;a elite econ&oacute;mica entende que, para se ter emprego, &eacute; preciso o cart&atilde;o do PS ou do PSD&quot;, denunciou a decis&atilde;o da administra&ccedil;&atilde;o do Metropolitano de Lisboa que enviou uma nota de culpa a 80 trabalhadores por terem paralisado na greve geral de 30 de Maio e concluiu: &quot;o Governo onde manda, manda o pior autoritarismo&quot;.</span></span>
</p>
<p>
<a href="//62.193.240.114/Esquerda/Francisco_estado_nacao_20-7-07.wmv" target="_self">Veja a interven&ccedil;&atilde;o de Francisco Lou&ccedil;&atilde;</a>
</p>
<p>
<a href="//62.193.240.114/Esquerda/socrates_estado_nacao_20-07-07.wmv" target="_self">Resposta de Jos&eacute; S&oacute;crates&nbsp;</a>
</p>
<p>
<a href="//62.193.240.114/Esquerda/rosas_estado_nacao_20-7-07.wmv" target="_self">Pedido de esclarecimento de Fernando Rosas</a>  (que ficou sem resposta)
</p>
<p>
<a href="//62.193.240.114/Esquerda/Ana_drago_estado_nacao_20-7-07.wmv" target="_self">Interven&ccedil;&atilde;o de Ana Drago&nbsp;</a>
</p>

Artigo | 20 de July

reuniao_quarteto_lx.jpgReunidos no Centro Cultural de Belém,
em Lisboa, durante cerca de duas horas, os representantes dos EUA, ONU, União Europeia e Rússia disseram ser
favoráveis à criação de um Estado
Palestiniano estável, viável e que coexista com Israel.
O Quarteto saudou a iniciativa de George W. Bush de promover no
Outono conversações sobre a criação do
Estado Palestiniano. Num apoio claro ao presidente palestiniano,
Mahmud Abbas, o Quarteto encorajou a assistência financeira
"directa e rápida" à Autoridade Palestiniana.
O Hamas não foi sequer mencionado.

Artigo | 20 de July

Juiz Iftikhar ChaudhryO Supremo Tribunal do Paquistão restabeleceu nas suas funções o juiz Iftikhar Chaudhry, chefe do Supremo Tribunal, que tinha sido destituído por Pervez Musharraf, presidente do Paquistão, em Março passado, sob a alegação de "abuso de poder". Desde então gerou-se um forte movimento de contestação a Musharraf e de apoio ao juiz, com diversas manifestações, muitas das quais duramente reprimidas.

Artigo | 20 de July

palestinians.jpgOs palestinianos consideram que a
reconciliação nacional é mais importante que as
conversações de paz com Israel. Uma sondagem realizada
por uma fundação norueguesa ligada à
Confederação Norueguesa dos Sindicatos (Fafo) na Faixa
de Gaza e na Cisjordânia mostra ainda que os palestinianos
estão muito divididos e 35% não apoiam nem o governo de
Salam Fayyad da Fatah nem o de Ismail Haniyeh, do Hamas; mas que, se
houvesse eleições agora, a Fatah ganharia com 45% dos
votos, contra 22% do Hamas.

Artigo | 20 de July

<p>
<span><img src="/sites/default/files/images/stories/politica/julho07/correios.jpg" alt="CTT Correios de Portugal" title="CTT Correios de Portugal" height="113" width="150" />O secret&aacute;rio de Estado das Finan&ccedil;as, Carlos Costa Pina, anunciou quinta-feira &agrave; ag&ecirc;ncia Reuters que a empresa CTT - Correios de Portugal, vai ser privatizada at&eacute; 2011. O secret&aacute;rio de Estado anunciou ainda que o transporte ferrovi&aacute;rio e os portos ser&atilde;o tamb&eacute;m inclu&iacute;dos no futuro programa de privatiza&ccedil;&otilde;es. Afirmou tamb&eacute;m que as empresas Inapa, TAP e ANA ser&atilde;o privatizadas, embora ainda n&atilde;o estejam definidas datas.</span>
</p>
<p>

Artigo | 20 de July

<p>
<span><img src="/sites/default/files/images/stories/politica/julho07/cip_cap_ccp.jpg" alt="Confederações patronais" title="Confederações patronais" height="75" width="150" />As confedera&ccedil;&otilde;es patronais tornaram p&uacute;blica uma posi&ccedil;&atilde;o comum, onde elogiam o relat&oacute;rio da Comiss&atilde;o do Livro Branco e exigem a revis&atilde;o da Constitui&ccedil;&atilde;o e do C&oacute;digo de Trabalho.<br />
As confedera&ccedil;&otilde;es patronais exigem a altera&ccedil;&atilde;o da Constitui&ccedil;&atilde;o para poderem despedir sem justa causa e poderem tamb&eacute;m despedir por motivos pol&iacute;ticos e ideol&oacute;gicos. Pretendem igualmente limitar drasticamente o direito &agrave; greve e legalizar o lock-out, para al&eacute;m de quererem igualmente limitar os direitos das comiss&otilde;es de trabalhadores.</span>
</p>
<span><span>

Artigo | 19 de July

centro_de_saude.jpgCerca de 300 pessoas participaram esta
quinta-feira do protesto contra o encerramento dos Serviços de
Atendimento Permanente (SAP) no Seixal. "Num concelho com 50.000
utentes sem médico de família, com falta de centros de
saúde, com dificuldades de acesso às urgências do
hospital Garcia de Orta (em Almada), fechar os SAP significa piorar
as condições de saúde da população
do concelho", disse o presidente da Câmara Municipal do
Seixal, Alfredo Monteiro.

Artigo | 19 de July

gonzales.jpgNo dia 16 de Julho faleceu aos 83 anos
o dirigente socialista argentino Ernesto González. Militante
da corrente trotskista desde 1952, juntou-se ao punhado de militantes
dirigido por Nahuel Moreno (falecido em 1987) que fundou o Grupo
Obrero Marxista. Em 1976, era um dos dirigentes do Partido Socialista
de los Trabajadores quando ocorreu o golpe militar de Videla. O PST
teve mais de cem mortos pelas mãos da ditadura. Esteve na
fundação do Movimiento al Socialismo (MAS), um partido
que chegou a dirigir manifestações de centenas de
milhares de trabalhadores.

Artigo | 19 de July

manif_fp20070719_p.jpgA PSP desenvolveu todos os esforços, sem sucesso, para impedir a vigília da Função Pública, convocada pela Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública, uma manifestação que contava com a devida autorização do Governo Civil. Desde as seis horas da manhã, agentes da polícia começaram a identificar os participantes do protesto. No fim da manhã, com o argumento de que houvera uma reclamação por parte da Assembleia da República dizendo que o ruído do protesto perturbava o normal funcionamento de um orgão de soberania, a polícia quis levar o equipamento de som dos sindicalistas. Mas não conseguiu.

Artigo | 19 de July

<a target="PopupImage" href="index2.php?option=com_jce&amp;task=popup"><img width="280" src="/sites/default/files/images/stories/politica/julho07/thumbnails/outdoor_ref_300.jpg" alt="outdoor_ref_300.jpg" height="105" title="outdoor_ref_300.jpg" class="jce_tooltip" /></a>&nbsp;<br />
<span>O Bloco de Esquerda iniciou uma campanha para exigir um referendo ao Tratado Europeu. A campanha contra o &quot;voto de sil&ecirc;ncio&quot; &eacute; concertada com os partidos da Esquerda Europeia. Inclui a afixa&ccedil;&atilde;o de outdoors, a distribui&ccedil;&atilde;o de um jornal e a realiza&ccedil;&atilde;o de sess&otilde;es p&uacute;blicas para defender a realiza&ccedil;&atilde;o do referendo.</span>

Artigo | 19 de July

china_trabalho.jpgA China tornou-se a terceira potência económica do mundo, apenas atrás dos Estados Unidos e do Japão. Depois de ter ultrapassado em 2005 a França e o Reino Unido, superou a Alemanha este ano, quando deverá atingir um Produto Interno Bruto (PIB) de 3.100 mil milhões de dólares, contra menos de 3.000 milhões do país germânico.

Artigo | 19 de July

condi.jpgO Quarteto para a paz no Médio
Oriente reúne-se esta tarde e amanhã em Lisboa, no
Centro Cultural de Belém, com a presença da Secretária
de Estado dos EUA, Condoleezza Rice, do Secretário-Geral da
ONU, Ban Ki-Moon, do enviado especial do Quarteto para o Médio
Oriente, Tony Blair, e do ministro dos Negócios Estrangeiros
russo, Sergei Labrov. Estarão também a Comissária
Europeia Benita Ferrero-Waldner, e Javier Solana, representante da UE
para a política externa, além de membros do governo
português e da UE. Apesar das declarações
optimistas, não se vê, porém, que passos o
Quarteto dará que possam de alguma forma superar o impasse a
que chegou o chamado Processo de Paz.

Artigo | 18 de July

<span><img width="99" src="/sites/default/files/images/stories/politica/julho07/aborto.jpg" alt="Aborto não deve ser crime" height="150" title="Aborto não deve ser crime" />&quot;J&aacute; ouvimos quase tudo da boca de Alberto Jo&atilde;o Jardim. Mas agora passou dos limites. Amea&ccedil;a boicotar a aplica&ccedil;&atilde;o de uma lei da Rep&uacute;blica, colocando-se do lado da ilegalidade e violando a Constitui&ccedil;&atilde;o. A Lei aplica-se em toda a Rep&uacute;blica, mesmo que o PSD-Madeira dela discorde&quot;, disse a deputada Helena Pinto do BE, na Assembleia da Rep&uacute;blica.<br />
</span><span></span><span><br />
</span><span>Leia a <a target="_blank" href="http://beparlamento.esquerda.net/">interven&ccedil;&atilde;o da deputada Helena Pinto</a><br />
Leia m</span><span>ais sobre a <a target="_blank" href="http://madeira.bloco.org/index.php?option=com_content&amp;task=view&amp;... do BE-Madeira</a></span>
<span>

Artigo | 18 de July

Atentado no comício de advogados em IslamabadUm bombista suicida fez-se explodir num comício de advogados na terça-feira em Islamabad, matando 16 pessoas e ferindo pelo menos 63. A bomba rebentou próximo do palco onde o ex presidente do Supremo Tribunal Iftikhar Chaudhry, demitido por Musharraf, devia discursar. Chaudry ainda não estava presente, encontrando-se a mais de cinco quilómetros, segundo a polícia.

Artigo | 18 de July

kariwa2.jpgO
presidente da câmara da cidade de Kashiwazaki,
no Norte do Japão, ordenou que a central nuclear de  permaneça desligada até que haja a
total certeza de que pode voltar a operar em segurança. Os
reactores da central desligaram-se automaticamente quando foram
abalados por um terremoto de 6.6 na escala de Richter, na
segunda-feira. A empresa Tokyo Electric Power Co. (TEPCO), dona da
central, reconheceu ontem que os 1.200 litros de água que
escaparam para o mar tinham um nível de
radioactividade superior ao inicialmente divulgado.

Artigo | 18 de July

Sala de aulasMais uma professora com cancro viu negada a reforma antecipada e sofreu até um aumento de horário de trabalho.
Segundo a SIC, a professora tem um cancro no cólon, dava aulas na Figueira da Foz e agora trabalha na biblioteca da escola onde dava aulas, sofrendo um aumento de horário de trabalho de 18 para 35 horas semanais.

Artigo | 18 de July

Protesto de bolseiros em 28 de Junho - Foto de Paulete MatosBolseiros de Investigação Científica concentram-se hoje, às 17.30h, junto ao Ministério da Ciência para entregarem uma proposta de alteração do estatuto dos bolseiros de investigação (PAEBI) e um abaixo-assinado com milhares de assinaturas de apoio à proposta.
Os bolseiros lutam contra a situação de precariedade que os atinge: desempenham funções permanentes, mas dependem de bolsas que lhe são atribuídas sucessivamente e não têm qualquer vínculo laboral permanente. Assim, não têm acesso a direitos fundamentais como subsídios de doença, maternidade e paternidade ou de desemprego.

Artigo | 18 de July

Centro de SaúdeOs Serviços de Atendimento Permanente dos centros de saúde do Seixal e de Corroios encerraram ontem, ficando apenas a funcionar um SAP no concelho do Seixal, o do posto médico da Amora.
Para hoje, quinta-feira, estão convocadas duas concentrações de protesto contra o encerramento: De manhã, às 11h junto ao centro de saúde do Seixal; à tarde às 17h, junto ao posto médico de Corroios.

Artigo | 18 de July

Consulados de PortugalO Sindicato dos Trabalhadores Consulares denunciou ontem na Assembleia da República que há pessoas a trabalhar em consulados com mais de 70 anos, porque nunca foram inscritos na Segurança Social e não têm outros meios de subsistência.
Ainda segundo o sindicato falta formação profissional dos trabalhadores consulares, faltam técnicos de serviço social, existem 230 trabalhadores com contrato a prazo e os 75 trabalhadores dos centros culturais do Instituto Camões estão todos "numa situação de vínculo verbal".

Artigo | 17 de July

kariwa01.jpgA Tepco, companhia energética
responsável pela central nuclear de Kashiwazaki-Kariwa, no
Japão, já encontrou 50 pontos de mau funcionamento
depois do terremoto. O sismo de segunda-feira causou um
incêndio na central, a maior do mundo em termos de produção
de electricidade, seguido por uma fuga de água para o mar
contendo materiais radioactivos. Depois de admitir a fuga de água
contaminada e que cem barris com lixo nuclear tombaram e alguns deles
abriram-se, a empresa analisa agora os 50 pontos com problemas, que
incluem fugas de água e canos deslocados. A Tepco disse que
ainda poderá encontrar novos problemas ao longo da inspecção
que está a fazer.

Pages