You are here

Pesquisar

Artigos dossier | 5 de August

Os candidatos presidenciais de 2008 querem que se saiba que eles sabem mover-se no YouTube. Hillary Clinton, Barack Obama, John Edwards e Sam Brownback, todos anunciaram as suas candidaturas no site de partilha de vídeos, e uma página oficial hospeda vídeos de dezassete candidatos. Alguns comentadores chamam a isto a eleição YouTube.

Artigos dossier | 5 de August

Neste dossier divulgamos o papel que o YouTube está a ter nas eleições presidenciais norte-americanas de 2008.

Artigo | 4 de August

Protesto de professoresNum parecer entregue 6ª feira à ministra de Educação, a que a agência Lusa teve acesso, o Provedor de Justiça, Nascimento Rodrigues, manifestou-se "perplexo" e "preocupado" com as regras do primeiro concurso de acesso a professor titular, apontando mesmo a existência de situações de "flagrante injustiça".
O ministério da Educação ainda não reagiu ao parecer do Provedor, mas prometeu um comentário para mais tarde.
As duas maiores federações sindicais de professores defenderam que o ministério deve acatar, o mais rapidamente possível, as recomendações críticas do Provedor.

Artigo | 4 de August

Maliki e BushNo dia 1 de Agosto, o principal agrupamento sunita que fazia parte do governo iraquiano, com seis ministros, abandonou o governo em protesto contra a recusa do primeiro-ministro a satisfazer as suas exigências.
Na véspera, segundo a agência IPS, o general curdo Babaker Zebari, pediu a demissão, no que foi seguido por outros nove generais, em protesto contra a interferência do primeiro-ministro, Nouri al-Maliki, no seu trabalho e face à fraqueza do ministro da Defesa. Maliki não aceitou as demissões.
Robert Gates, secretário da Defesa dos EUA, declarou nesta sexta-feira que está decepcionado com a falta de progresso político no Iraque.

Artigo | 4 de August

<p>
<span><img width="150" src="/sites/default/files/images/stories/politica/agosto07/cml_reuniao_070803.jpg" alt="Câmara de Lisboa, primeira reunião - Foto da Lusa" height="109" title="Câmara de Lisboa, primeira reunião - Foto da Lusa" /><span><span>A C&acirc;mara Municipal de Lisboa aprovou na sua primeira reuni&atilde;o, por unanimidade, um limite ao n&uacute;mero de assessores e funcion&aacute;rios administrativos de apoio aos vereadores e agrupamentos pol&iacute;ticos representados no executivo.<br />
O limite aprovado passa a ser de 84 cargos, sendo 67 assessores e 17 funcion&aacute;rios administrativos, de apoio aos 17 vereadores do executivo, incluindo o presidente. N</span></span></span><span><span><span><span>o final de 2006 o total era de 235, 165 assessores, mais 70 administrativos.</span></span>&nbsp;<br />
A C&acirc;mara fixou tamb&eacute;m vencimentos m&aacute;ximos para os assessores, acabando com a pr&aacute;tica anterior, onde era poss&iacute;vel existirem assessores com sal&aacute;rio superior ao do pr&oacute;prio presidente. Estas decis&otilde;es do executivo municipal significaram uma poupan&ccedil;a de 1,1 milh&atilde;o de euros, em cerca de dois milh&otilde;es de despesa.</span></span>
</p>
<p>

Artigos dossier | 4 de August

A campanha para as eleições presidenciais norte-americanas de 2008 já não se limita a percorrer o território americano de costa a costa e a fazer comícios em todos os estados, nem os candidatos se limitam a participar em debates nos canais de televisão mais populares. O YouTube tornou-se um cenário privilegiado do combate eleitoral e os candidatos não se limitam a combater entre si, mas enfrentam os internautas, que no espaço virtual não se limitam a serem espectadores da política, pelo contrário têm algo a teclar sobre o assunto. Os vídeos mais vistos até agora são de humor político, com o vídeo da "Obama Girl" a ter, neste início de Agosto de 2007, quase três milhões de visitas.

Artigos dossier | 4 de August

Na segunda-feira 23 de Julho de 2007 realizou-se, no Estado da Carolina do Sul, um debate entre os oito pré-candidatos do Partido Democrata à Presidência dos Estados Unidos da América. Este não foi apenas mais um debate televisivo entre candidatos, uma vez que foi organizado em parceria pela CNN e pelo YouTube.

Artigo | 3 de August

Presidente do Brasil, LulaArtigo de Ricardo Antunes * publicado a 3 de Agosto de 2007 no jornal Folha de São Paulo.
No plano sindical, o lulismo se reencontrou com Getúlio. ** Vamos ver quais centrais vão recusar mais esse canto de sereia do neopeleguismo. ***
Lula aflorou no sindicalismo como criação da estrutura sindical getulista. Tornou-se dirigente dos metalúrgicos por contingência. Em pouco tempo se converteu em seu antípoda: liderou greves, confrontou o sindicalismo oficial, deixou aturdido o peleguismo, ajudando a virar uma página do velho sindicalismo.
Mas a história dá muitas voltas: no poder, não foram poucas as desconstruções de Lula.

Artigo | 3 de August

<p>
<img width="119" src="/sites/default/files/images/stories/politica/maio07/jornais.jpg" alt="jornais.jpg" height="150" title="jornais.jpg" /><span>O Presidente da Rep&uacute;blica vetou a altera&ccedil;&atilde;o ao Estatuto do Jornalista e decidiu enviar uma mensagem &agrave; Assembleia Rep&uacute;blica, pedindo uma reaprecia&ccedil;&atilde;o do diploma.<br />
O PR pede aos deputados que reponderem as solu&ccedil;&otilde;es normativas, &quot;nomeadamente quanto a aspectos t&atilde;o essenciais como a quebra do sigilo profissional, os requisitos de capacidade para o exerc&iacute;cio da profiss&atilde;o e o regime sancionat&oacute;rio institu&iacute;do&quot;.<br />
A proposta de lei do governo, que altera o estatuto dos jornalistas, foi aprovada na AR apenas com o voto favor&aacute;vel do PS, tendo o voto contra de todos os outros partidos. Recebeu tamb&eacute;m a mais viva contesta&ccedil;&atilde;o do Sindicato dos Jornalistas.</span> <br />
<span>Os partidos da oposi&ccedil;&atilde;o congratularam-se com o veto de Cavaco Silva, tendo Fernando Rosas do BE declarado &agrave; ag&ecirc;ncia Lusa: &quot;O Bloco de Esquerda entende que o Presidente da Rep&uacute;blica andou bem, invocando raz&otilde;es que em parte coincidem com raz&otilde;es pelas quais vot&aacute;mos contra no Parlamento&quot;.<br />
</span>Aceda aqui&nbsp;&agrave; <a target="_blank" href="media/BE_estatuto_jornalistas.pdf">declara&ccedil;&atilde;o de voto contra o Estatuto</a> do&nbsp;deputado Fernando Rosas, na AR.
</p>
<p>

Artigo | 3 de August

"Ninguém é ilegal", imigrantes em manifestação - Foto de Paulete MatosEntra hoje em vigor a nova lei de imigração, que foi aprovada na Assembleia da República no passado mês de Maio. No entanto, a nova lei continua por regulamentar. O Ministério da Administração Interna declarou ao jornal Público que a lei será regulamentada até início de Outubro, o prazo legal para tal acontecer, e que o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) está "a ultimar o novo sistema informático, que vai desmaterializar procedimentos".
No mês passado, associações de imigrantes denunciaram que a legalização de imigrantes está bloqueada e consideraram que se tratava de uma actuação ilegal.

Artigo | 2 de August

lavar_pratos.jpgHá cerca de 82.500 trabalhadores clandestinos em Portugal no sector da restauração e bebidas. A revelação foi feita pelo Sindicato da Hotelaria, Turismo e Restauração, que extrapolou os valores nacionais a partir da visita a 320 estabelecimentos, nos quais foram identificados 1298 trabalhadores clandestinos num total de 3936 trabalhadores.
O Sindicato acusa a Inspecção Geral do Trabalho de passividade, tendo constatado a quase inexistência de medicina do trabalho, o não cumprimento da carga máxima semanal de 40 horas e do regime de folgas, e a ausência de protecção social em caso de doença, desemprego ou reforma.
 

Artigo | 2 de August

<p>
<span><img width="150" src="/sites/default/files/images/stories/politica/agosto07/sf_ribeirinha_2.jpg" alt="Sá Fernandes em campanha pela Frente Ribeirinha - Foto de Paulete Matos" height="112" title="Sá Fernandes em campanha pela Frente Ribeirinha - Foto de Paulete Matos" /><span>O acordo&nbsp;de pol&iacute;ticas para Lisboa&nbsp;firmado entre a candidatura &quot;Lisboa &eacute; Gente&quot; e Ant&oacute;nio Costa suscitou reac&ccedil;&otilde;es variadas. &Agrave; direita, Carmona Rodrigues n&atilde;o compreende &quot;que uma for&ccedil;a pol&iacute;tica que ficou em 6&ordm; lugar nas elei&ccedil;&otilde;es tenha poder para impor condi&ccedil;&otilde;es napole&oacute;nicas&quot; e Fernando Negr&atilde;o considera que o PS &quot;naturalmente, ter&aacute; que fazer pol&iacute;ticas de extrema esquerda&quot;. &Agrave; esquerda, Helena Roseta, que recusou participar nesta converg&ecirc;ncia, exigiu um pedido de desculpas de S&aacute; Fernandes e Jer&oacute;nimo de Sousa entende que o acordo &eacute; de &quot;duvidosa efic&aacute;cia&quot;.&nbsp;Gil Garcia, da tend&ecirc;ncia do Bloco de Esquerda que&nbsp;tem 12 pessoas na Mesa Nacional, afirmou que o acordo &quot;representa indirectamente um apoio ao governo do PS&quot;. <br />
As construtoras tamb&eacute;m j&aacute; se manifestaram contra a obriga&ccedil;&atilde;o de 25% das novos fogos serem colocados no mercado a custos controlados, que foi uma das condi&ccedil;&otilde;es de S&aacute; Fernandes para assinar este acordo. &nbsp;Leia o </span><a target="_blank" href="media/acordopoliticasLx.pdf"><span>Acordo&nbsp;de pol&iacute;ticas&nbsp;para Lisboa</span></a></span>
</p>
<br />

Artigo | 2 de August

João Marcelino, Director do DNOs jornalistas do Diário de Notícias lançaram um abaixo-assinado contestando "a saída de jornalistas de valor e qualidade reconhecidos, que sucessivamente não são substituídos" e manifestando a sua preocupação com a forma como a direcção, liderada por João Marcelino "se vem relacionando com os seus trabalhadores". A gota de água foi o despedimento, na segunda-feira, do editor de economia, João D`Espiney "sem que alguma vez lhe tivesse sido transmitido, de forma clara, a insatisfação da direcção com o seu trabalho", refere o documento.

Artigo | 2 de August

<span><img width="150" src="/sites/default/files/images/stories/politica/agosto07/mnaa_2.jpg" alt="Museu Nacional de Arte Antiga" height="111" title="Museu Nacional de Arte Antiga" />O Governo decidiu afastar a Directora do Museu Nacional de Arte Antiga, alegadamente devido &agrave; sua discord&acirc;ncia do actual modelo de gest&atilde;o dos museus nacionais e por ter exigido condi&ccedil;&otilde;es para continuar no cargo. Dalila Rodrigues manifestou-se &quot;surpreendida&quot; com a decis&atilde;o e considerou &quot;inacredit&aacute;vel&quot; ter sido &quot;penalizada por discordar publicamente do modelo de gest&atilde;o&quot; dos museus nacionais. Em 2006 o n&uacute;mero de visitantes deste Museu cresceu 86%, tendo o pr&oacute;prio director do Instituto dos Museus e Conserva&ccedil;&atilde;o (IMC) admitido que a ex-directora &quot;fez um bom trabalho de divulga&ccedil;&atilde;o e promo&ccedil;&atilde;o do museu&quot;.<br />
</span>
<span><br />

Artigo | 2 de August

<span><img width="150" src="/sites/default/files/images/stories/politica/agosto/sf_rt.jpg" alt="José Sá Fernandes com Ribeiro Telles e Fonseca e Costa - Foto do semanário Expresso" height="92" title="José Sá Fernandes com Ribeiro Telles e Fonseca e Costa - Foto do semanário Expresso" />Jos&eacute; S&aacute; Fernandes e Ant&oacute;nio Costa divulgaram ontem o acordo pol&iacute;tico para a C&acirc;mara Municipal de Lisboa, ficando o vereador do BE com o pelouro do ambiente e espa&ccedil;os verdes, atrav&eacute;s do qual coordenar&aacute; a implementa&ccedil;&atilde;o do Plano Verde de Gon&ccedil;alo Ribeiro Telles. O acordo prev&ecirc; a obrigatoriedade de uma quota m&iacute;nima de 25 por cento para a habita&ccedil;&atilde;o a custos controlados em &quot;novos projectos de constru&ccedil;&atilde;o e em grandes opera&ccedil;&otilde;es de reabilita&ccedil;&atilde;o&quot;. <br />
Esta medida j&aacute; suscitou duras cr&iacute;ticas dos construtores civis,&nbsp;com o Presidente da Associa&ccedil;&atilde;o de Empresas e Obras P&uacute;blicas&nbsp;a referir&nbsp;que ela&nbsp;&quot;s&oacute; faz sentido no regime de Cuba&quot;. S&aacute; Fernandes retorquiu que este modelo j&aacute; est&aacute; em pr&aacute;tica em cidades como Nova Iorque, Barcelona e Paris.<br />
Veja o texto do <a target="_blank" href="media/acordopoliticasLx.pdf">Acordo sobre pol&iacute;ticas para Lisboa</a> e a <a target="_blank" href="media/IntervencaoJSF_070801.pdf">interven&ccedil;&atilde;o de Jos&eacute; S&aacute; Fernandes</a></span>
<span><br />

Artigo | 1 de August

<img width="220" src="/sites/default/files/images/stories/politica/julho07/070715_safernandes.jpg" alt="070715_safernandes.jpg" height="181" title="070715_safernandes.jpg" class="jce_tooltip" /><span>O vereador S&aacute; Fernandes afirmou na apresenta&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica do &quot;Acordo sobre pol&iacute;ticas para Lisboa&quot;, estabelecido entre as candidaturas do PS e &quot;Lisboa &eacute; Gente&quot;: &quot;Esse acordo define compromissos concretos sobre os seis pontos fundamentais que propus (...) Assim, a aplica&ccedil;&atilde;o do Plano Verde, a defesa da frente ribeirinha, a promo&ccedil;&atilde;o dos transportes p&uacute;blicos, a reabilita&ccedil;&atilde;o do parque habitacional, o saneamento financeiro e a reestrutura&ccedil;&atilde;o das empresas municipais e o combate &agrave; corrup&ccedil;&atilde;o ser&atilde;o prioridades para a C&acirc;mara&quot;.<br />
S&aacute; Fernandes esclareceu ainda que o acordo &quot;compromete exclusivamente sobre essas pol&iacute;ticas&quot;, salientando que em todas as quest&otilde;es, &quot;votarei sempre de acordo com a minha consci&ecirc;ncia, apoiando as melhores solu&ccedil;&otilde;es para Lisboa e rejeitando as propostas que considere que prejudicam a cidade.&quot;</span><span><br />
<a target="_blank" href="media/IntervencaoJSF_070801.pdf">Interven&ccedil;&atilde;o de Jos&eacute; S&aacute; Fernandes</a> </span>&nbsp; <span>&nbsp; <br />
Texto do <a target="_blank" href="media/acordopoliticasLx.pdf">Acordo sobre pol&iacute;ticas para Lisboa</a> </span>&nbsp;
<p>

Artigo | 1 de August

Pedreira do ZambujalO Movimento de Cidadãos pela Arrábida denunciou, esta terça-feira, mais casos de favorecimento do governo à Secil. O que está em causa é a decapitação da serra, na área de exploração da cimenteira. Pretendem nada menos que reduzir drasticamente a altura daquelas colinas. Sessenta metros de altura, é o que prometem deixar.
Na outra ponta da Arrábida, para os lados de Sesimbra, prossegue também a destruição, por parte do lobby das pedreiras e da construção civil, como documenta a fotografia (clique na imagem para a ver em grande).
Aceda a vídeo sobre Arrábida, pedreiras e Sócrates 

Artigo | 1 de August

Capitão da selecção do Iraque e o treinador com a taça, Jorvan Vieira - Foto da Lusa"Quero que os Estados Unidos saiam do Iraque. Hoje, amanhã ou depois de amanhã, mas saiam", declarou o capitão da selecção iraquiana de futebol, Younius Mahmoud, ao jornal indonésio "The Jakarta Post".
A selecção de futebol do Iraque ganhou a Taça das Nações Asiáticas no Domingo passado, vencendo na final, que se disputou em Jacarta, a selecção da Arábia Saudita.

Artigo | 1 de August

DarfurO Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade o envio de uma força de 26 mil efectivos para Darfur, no Sudão. A missão tem como objectivo proteger a população e tentar pôr fim ao conflito, que dura há quatro anos e já provocou 200 mil mortos. É a maior missão de paz jamais autorizada pela ONU e deve custar cerca de dois mil milhões de dólares no primeiro ano.
O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que durante meses conduziu as negociações com o governo sudanês, classificou a resolução como "histórica e sem precedentes".

Artigo | 31 de July

cena de um filme de bergmanEm menos de 24 horas faleceram dois grandes nomes do cinema europeu: o sueco Ingmar Bergman e o italiano Michelangelo Antonioni.
Para o cineasta português Fernando Lopes, em declarações à Lusa, o desaparecimento de Bergman e Antonioni "são os sinais anunciadores do fim de uma certa ideia de cinema". A complexidade do ser humano, ora na sua solidão, angústia e alienação, ora nas suas relações densas com o Outro, foram temas que perpassaram a obra destes autores. "Os dois foram muito importantes para dar uma dimensão de liberdade e inconformismo ao cinema europeu", sublinhou à Lusa o produtor Paulo Branco.
Em homenagem aos dois realizadores, nos dias 3, 4 e 6 de Agosto é possível ver alguns filmes de Bergman e Antonioni no cinema King, nas sessões da meia-noite.
Leia também a opinião de Alda de Sousa sobre a situação do cinema português.
 

Pages