You are here

Pesquisar

Artigo | 29 de March

O governo do Equador mandou cortar a internet e telefones ao fundador da Wikileaks, após Assange ter recusado apagar um tweet a denunciar a perseguição a Puigdemont.