You are here

Pesquisar

Artigo | 30 de June

Proprietários do Pirate Bay foram condenados a prisão e pagamento de indemnizaçõesO portal de partilha de ficheiros Pirate Bay, cujos proprietários foram recentemente condenados em tribunal, foi adquirido pela Global Gaming Factory X, uma empresa de software, por 5,5 milhões de euros. Durante o julgamento, milhares de pessoas aderiram ao partido Pirata. A nova proprietária do portal vai utilizar a tecnologia para comercializar conteúdos digitais.

Artigo | 30 de June

 LusaQuatro advogados de prisioneiros de Guantanamo estiveram em Portugal, reuniram com os grupos parlamentares mas mostraram-se decepcionados pela recusa do governo português em recebê-los. No parlamento, Fernando Rosas questionou o governo sobre esta matéria, para saber quem são e que estatuto terão os prisioneiros a acolher por Portugal, seis meses depois de o executivo ter menifestado disponibilidade para acolher os detidos.

Artigo | 30 de June

Este símbolo tem sido utilizado nas redes sociais na internet, em solidariedade com os protestos populares no IrãoO Conselho dos Guardiães do Irão anunciou a confirmação da vitória eleitoral de Ahmadinejad, após a recontagem de 10% dos votos, que havia sido rejeitada pelos seus opositores. Em Teerão, a população voltou durante a noite a gritar "Allahu Akbar" nos telhados, enquanto a polícia tomava conta das principais ruas e praças da cidade.

Artigo | 30 de June

Maddof admitiu em tribunal deixar um vergonhoso legado.O ex-presidente do Nasdaq, Bernard Madoff, foi condenado por um tribunal dos Estados Unidos a cento e cinquenta anos de prisão, pelos crimes de fraude, perjúrio, falsas declarações, apropriações indevidas de benefícios de funcionários e lavagem de dinheiro. 65 mil milhões de dólares circularam no seu esquema fraudolento.

Artigo | 29 de June

Eleições no Líbano. Foto de Sana Tawileh, FlickRDesde as eleições
parlamentares libanesas, no dia 7 de Junho, os média dominantes têm
declarado que os resultados demonstram claramente que o Hezbollah e
os seus parceiros de coligação sofreram uma "derrota pesada".
Neste artigo, Esam Al-Amin mostra que isso é pura fantasia: a
coligação liderada pelo Hezbollah teve de facto mais votos que a
coligação pró-ocidental.

Artigo | 29 de June

Manifestações populares contra o golpeEm Tegucipalga, capital das Honduras,
milhares de pessoas continuam a opor-se nas ruas ao golpe de Estado,
não acatando o recolher obrigatório.
Manuel Zelaya, o
presidente democraticamente eleito que os militares prenderam e
expulsaram para a Costa Rica, viajou posteriormente para a Nicarágua,
onde se encontrou com os presidentes da Alba. Os golpistas da elite
económica hondurenha nomearam Roberto Micheletti, novo presidente,
mas não foi reconhecido por nenhum país. Obama diz que está "muito preocupado".

Artigo | 28 de June

O presidente eleito Zelaya Rosales foi deposto pelos militares hondurenhosForças do exército hondurenho tomaram o palácio presidencial e levaram o presidente Zelaya Rosales para a Costa Rica. Foi o desenlace esperado do braço de ferro político para impedir um referendo constitucional no país. Mas a oposição dos países vizinhos está a complicar os planos dos golpistas, apoiados pela elite económica hondurenha.

Artigo | 28 de June

A cimeira do G8 terá lugar no quartel da academia de polícia de AquilaO governo italiano anunciou a reposição dos controlos fronteiriços e a suspensão dos acordos de livre circulação de pessoas até dia 15 de Julho. Berlusconi quer impedir a entrada de manifestantes estrangeiros para a cimeira do G8, repetindo o que fez em 2001 na cimeira de Génova.

Artigo | 27 de June

Robert Mugabe volta a ser acusado de violações dos direitos humanosA organização Human Rights Watch acusa o governo do ZImbabué de várias violações dos direitos humanos, como a tortura, a imposição de trabalhos forçados e a prática de assassinatos na zona de Marange, uma região de exploração de diamantes. Segundo a ONG, o partido de Mugabe beneficia financeiramente desta brutal exploração.

Artigo | 26 de June

Nova lei vai transferir terras públicas sem contrapartidas a particulares numa superfície equivalente à Alemanha e Itália juntas. Foto leofreitas/FlickrA polémica lei que regulariza as terras públicas na Amazónia foi finalmente aprovada pelo presidente brasileiro. Lula vetou os artigos que permitiam a transferência das terras para empresas ou pessoas que já não moram na região. Leia o artigo de Fabrício Ângelo, da Envolverde

Artigo | 26 de June

Funeral e cerimónias de luto por Neda foram proibidas. Foto Roel1943/FlickrAs imagens da jovem iraniana baleada numa manifestação a sangrar até à morte correram mundo e aumentaram a vaga de simpatia pela oposição. Agora, o governo iraniano transformou-a em mártir da milícia Basij e expulsou a família e não a deixou fazer o funeral.

Artigo | 25 de June

A polícia reprime todo e qualquer ajuntamento de pessoas para protestarem, impedindo a própria formação de manifestaçõesPelo menos mais três pessoas foram assassinadas, duas das quais a tiro, na manifestação desta quarta-feira junto ao parlamento iraniano. Paralelamente ao aumento da repressão - 70 intelectuais críticos do regime foram presos - são cada vez mais as vozes influentes que contestam Ahmadinejad e o processo eleitoral. O Presidente do Irão prefere continuar a culpar o "Ocidente" pelos protestos.

Artigo | 24 de June

A Alba pretende promover maior integração económica na América LatinaRafael Correa está esta quarta feira na Venezuela para formalizar a adesão do Equador à Alternativa Bolivariana para as Américas (ALBA), um bloco económico onde também estão a Bolívia, Nicarágua e Cuba. A ALBA surgiu em resposta à ALCA (Aliança de Livre Comércio para as Américas), uma proposta dos EUA hoje abandonada.

Artigo | 24 de June

Portugal não deverá ser afectado pelos despedimentos na Ikea e StaplesApesar de prever alcançar em 2009 o maior volume de negócios da sua história, a Ikea prevê despedir cinco mil trabalhadores nos estabelecimentos que tem espalhados pelo mundo. Outra empresa de comercialização presente em Portugal, a Staples, vai despedir 900 pessoas. Em ambos os casos, as empresas garantem não haver redução de trabalhadores em Portugal.

Artigo | 24 de June

Manifestantes voltam esta quarta feira às ruas de Teerão - Foto de Ali BakhtiariO Ayatolah Ali Khamenei, Supremo Líder do Irão, concedeu ao Conselho dos Guardiães mais cinco dias para apreciar as queixas sobre fraudes no último processo eleitoral. Musavi convocou para a tarde desta quarta feira uma concentração onde irá discursar. Vinte jornalistas de um jornal de oposição foram detidos e os jogadores da selecção de futebol que utilizaram punhos verdes em protesto contra o regime foram banidos.

Artigo | 24 de June

Ataque visava activistas talibansUm avião não-tripulado norte-americano disparou sobre um funeral de um alegado membro dos Taliban, provocando a morte de 65 pessoas. Foram efectuados dois bombardeamentos: um sobre as pessoas que assistiam ao funeral e outro sobre os automóveis com que procuravam afastar-se do local. Foi o maior ataque perpetrado pelos EUA no Paquistão através deste método.

Artigo | 23 de June

Confrontos em 22 de Junho. Foto Iran 360º, FlickR
O Conselho dos Guardiães do Irão,
máxima autoridade constitucional no país, descartou a anulação
das eleições presidenciais de 12 de Junho. Apesar de ter
reconhecido irregularidades em 50 cidades, onde houve mais votantes
que inscritos, o que implica num erro de três milhões de votos, um
porta-voz do conselho disse ao canal Press TV que o órgão não
encontrou "uma grande fraude ou violação" que
justificasse a anulação. Segunda-feira foi mais um dia de
confrontos entre manifestantes, de um lado, e polícia e milícias do
outro nas ruas de Teerão.

Artigo | 23 de June

Noam ChomskyLamenta que quase todos falem dos problemas financeiros e poucos se refiram à fome mundial. Por que não ocupar uma fábrica com a produção de transportes de massa? - questiona, em referência à General Motors.

Por David Brooks, La Jornada

Artigo | 22 de June

Na investigação sobre os voos da CIA,
que o procurador-geral da República arquivou, a Polícia Judiciária
(PJ) descobriu que os agentes norte-americanos do chamado "Expresso
de Guantánamo" faziam escala no Porto e ficaram no Hotel Méridien,
em 9 de 10 viagens. A investigação concluiu também que os voos
eram tratados pelos operadores de tráfego como "voos de Estado",
apesar do MNE não lhes ter concedido autorização diplomática.

Pages