You are here

Pesquisar

Artigo | 24 de October
símbolo da OMSDe
acordo com dados da Organização Mundial de Saúde,
os países subdesenvolvidos concentram 84% da população
mundial, sofrem 93% das doenças registadas no mundo e consomem
menos de 11% da despesa global em saúde.

Artigo | 24 de October

A Comissão
Europeia apresentou hoje uma proposta de política integrada de
imigração que prevê a atribuição do
«cartão azul» para permitir a entrada na União
Europeia (UE) de trabalhadores qualificados oriundos de países
terceiros. A medida pretende introduzir factores discriminatórios na recepção de imigrantes e promover a "caça aos cérebros" nos países menos desenvolvidos.O "cartão azul" é inspirado no "cartão verde" utilizado nos Estados Unidos e o processo da sua ratificação legal na UE deve estar concluído até ao final da presidência portuguesa da União Europeia.

Artigo | 23 de October

militar dos EUADesta vez é o próprio exército dos EUA a reconhecer. Num ataque aéreo perto da cidade de Samarra, as forças de ocupação mataram seis civis inocentes, ou seja, mulheres e crianças. As restantes cinco vítimas não entram nestas contas porque se tratavam de "homens em idade militar", alegando o exército que eram terroristas procurados. As autoridades iraquianas afirmam terem morrido 13 pessoas durante o ataque, feito por bombardeamentos a partir de um helicóptero, todos eles civis, incluindo dois bébés.

Artigo | 22 de October

Benazir BhuttoA líder do Partido do Povo do Paquistão, Benazir Bhutto, disse ontem numa entrevista ao El País que vai prosseguir a sua campanha eleitoral, apesar do atentado de quinta-feira dia 18 de Outubro, que provocou a morte de 143 pessoas. "Vamos modificar a forma de fazer a campanha, mas não vamos deixar de ter contacto com o povo. Os militares estão contra porque não estão interessados em que os moderados cheguem ao poder."

Leia abaixo o comentário de Tariq Ali sobre o atentado e o futuro do Paquistão.

Artigo | 22 de October

Os gémeos KaczynskiO Partido Direito e Justiça (PiS) dos gémeos Kaczynski, no poder há dois anos, foi arrasado nas eleições de  ontem da Polónia pelo partido de centro-direita Plataforma Cívica. Os últimos resultados mostram que a Plataforma Cívica teve 43,7% e ficou muito perto da maioria absoluta, contra 30,4% do Partido Direito e Justiça. O primeiro-ministro Jaroslaw Kaczynski já reconheceu a derrota. A taxa de afluência às urnas superou os 55%, o que constitui um recorde em legislativas no país desde a instauração da democracia. A Plataforma Cívica anunciou que vai retirar astropas polacas do Iraque em 2008.

Artigo | 22 de October

Cartaz xenófobo da UDCA União Democrática de Centro (UDC) obteve um avanço nas eleições legislativas suíças deste domingo, com 28,8 % dos votos, reforçando a sua posição de primeiro partido político do país, segundo projecções da televisão nacional. As sondagens de boca das urnas previam um ganho da UDC de seis assentos no Conselho Nacional, a Câmara Baixa no Parlamento, passando de 55 para 61 deputados, num universo de 200.

Artigo | 21 de October

Tanque turcoA tensão entre a Turquia e os curdos no norte do Iraque aumenta rapidamente. Depois dos confrontos na zona da fronteira que provocaram a morte de 16 soldados turcos e 23 curdos, o exército da Turquia iniciou bombardeamentos no norte do Iraque, naquela que é a primeira operação militar depois do parlamento turco ter dado luz verde a uma ofensiva na região. 
 

Artigo | 21 de October

Iraquianos choram morte de familiares. Foto da ReutersO exército dos EUA declarou ter morto 49 "criminosos" numa operação lançada hoje no bairro de Sadr City, em Bagdad. No entanto, a polícia iraquiana afirma que nos confrontos iniciados durante a madrugada terão morrido 13 civis e ficado feridos outros 69. Números que parecem coincidir com a versão dos hospitais iraquianos que revelaram ter recebido 12 cadávares, dois dos quais de crianças, e 65 feridos, incluindo mulheres e crianças. Mesmo assim, o exército americano continua a insistir que "nenhum civil foi morto ou ferido nestes enfrentamentos".
 

Artigo | 21 de October

Manifestação em RomaCerca de 500 mil pessoas protestaram nas ruas da capital italiana contra a precariedade. Os manifestantes reivindicaram o aumento das pensões de reforma e exigiram ao governo Prodi medidas urgentes contra os contratos a prazo, que afectam 4 milhões de trabalhadores em Itália. O protesto foi convocado pela Refundação Comunista e pelo Partido dos Comunistas Italianos, que fazem parte da coligação de governo liderada por Romano Prodi. Sem pedir a demissão do governo, os manifestantes exigiram mudanças radicais na política social.
Veja imagens da manifestação na fotogaleria do diário La Stampa

Artigo | 18 de October

Comboios parados na AlemanhaOs maquinistas dos comboios alemães paralisaram nesta quinta feira, entre as 2 e as 11 horas locais. A greve foi convocada pelo principal sindicato dos maquinistas que exige aumentos salariais de 31 por cento. A paralisação englobou os comboios urbanos e regionais e afectou sobretudo as grandes cidades e o leste do país. Nos próximos dias a greve irá repetir-se até à próxima quarta feira, com excepção do fim de semana.

Artigo | 18 de October

Another Europe is possible, faixa em manifestação europeiaUma sondagem, divulgada hoje pelo jornal Financial Times, aponta que uma larga maioria de eleitores dos cinco maiores países da União Europeia (Alemanha, França, Reino Unido, Espanha e Itália) quer referendar o Tratado Reformador da União Europeia.

Artigo | 18 de October

Comboios paralisados em França, 18 de OutubroOs transportes estão quase parados em França, em particular os comboios e o metro de Paris, numa greve de pelo menos 24 horas, convocada pelos sindicatos. Esta greve realiza-se contra a intenção do governo Sarkozy de aumentar o período de descontos necessários para a reforma de 37,5 para 40 anos, que vigora nalguns sectores e abrange 1,6 milhões de pessoas. Este é o primeiro confronto social com que se defronta Sarkozy desde que foi eleito Presidente da República.

Artigo | 18 de October

Europa Somos Nós, jornal do BEHoje e amanhã decorre em Lisboa a Cimeira da União Europeia que vai tentar aprovar o Tratado reformador, que substituirá o tratado constitucional chumbado pelos "não" na França e na Holanda.
Hoje, a partir das 14,30 horas, decorrerá a manifestação convocada pela CGTP por uma "Europa Social - Emprego com direitos".
O esquerda.net fará a transmissão directa da manifestação, entrevistando alguns dos participantes.
Para saber mais sobre o tratado leia o artigo Tratado reformador da UE: inaceitável pelo método e pelo conteúdo.

Artigo | 17 de October

Militares turcos na fronteira com o Iraque. Foto da ReutersO Parlamento da Turquia aprovou hoje (com 507 votos contra 19) uma autorização que permite a incursão militar no norte do Iraque para combater os Curdos. A medida aprovada tem a validade de um ano, apesar do Primeiro Ministro turco ter ontem declarado que ela pode não ser posta em prática. Entretanto, o governo iraquiano prepara-se para enviar uma delegação de políticos e agentes de segurança para a Turquia com o objectivo de "combater as atividades terroristas entre fronteiras".
 

Artigo | 17 de October

Bush com Manmohan Singh, primeiro ministro da ÍndiaWashington concluiu um acordo com a Índia que destrói o núcleo fundamental do Tratado de Não Proliferação Nuclear (TNP), ainda que uma oposição importante permaneça em ambos os países. A Índia, como Israel e o Paquistão (mas não o Irão), é um país que não assinou o TNP, e desenvolveu armas nucleares fora do tratado. Com este acordo, a administração Bush apoia e facilita efectivamente este comportamento fora da lei.
Artigo de Noam Chomsky, publicado em Khaleej Times e divulgado também em sinpermiso.info

Artigo | 17 de October

Conferência do GUE/NGLO Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia / Esquerda Nórdica Verde do Parlamento Europeu, que integra o Bloco de Esquerda, iniciou ontem uma reunião em Lisboa, que se prolonga até amanhã. Os direitos do trabalho e a flexigurança foram os temas em debate, num encontro que coincide com a realização da Cimeira Europeia, em Lisboa.

Artigo | 16 de October

Recep ErdoganO primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyp Erdogan, disse que o pedido de autorização parlamentar para atacar os separatistas curdos do Norte do Iraque não significa que esteja iminente uma acção militar turca na região. As expectativas de uma incursão da Turquia no Iraque já fizeram o preço do petróleo atingir um novo recorde (88 dólares por barril) e provocaram uma visita de emergência a Ancara do vice-presidente do Iraque, Tariq al-Hashemi.

Artigo | 16 de October

Bernard Kouchner, da França (2º à esquerda) ri com o ministro dinamarquês Per Stig Moller (esquerda), a ministra húngara Kinga Goncz e o ministro alemão Frank-Walter Steinmeier no Luxemburgo, 15 October 2007. Foto Lusa/EPA/CHRISTOPHE KARABAA três dias da cimeira de chefes
de Estado e de governo da União Europeia (18 e 19 em Lisboa) a
reunião de ministros dos Negócios Estrangeiros que se
realiza no Luxemburgo parece estar a avançar na solução
dos últimos obstáculos levantados por países
como a Polónia ou o Reino Unido ao Tratado Reformador da Europa. Ontem, o Bloco de Esquerda
voltou a insistir no referendo ao Tratado e a ameaçar
apresentar uma moção de censura caso o referendo,
promessa eleitoral de Sócrates, não venha a ser feito. 

Artigo | 15 de October

Soldado alemão no AfeganistãoO Parlamento da Alemanha aprovou
sexta-feira a continuidade das operações do Exército
alemão no Afeganistão por mais um ano, com 454 votos a
favor, 79 contra e 49 abstenções. Votaram a favor a
coligação governamental e o Partido Liberal
Democrático. O Partido da Esquerda votou contra e a maioria
dos Verdes abstiveram-se. Leia a seguir o artigo "O Parlamento
e a Guerra", de Flávio Aguiar, da Carta Maior, escrito na
véspera da votação.

Artigo | 15 de October

blackwaterA empresa de segurança que acompanha diplomatas e altos-responsáveis da administração norte-americana no Iraque vai enfrentar a acusação dos sobreviventes do tiroteio que matou 17 pessoas no mês passado. A queixa foi entregue num tribunal dos Estados Unidos e alega que a Blackwater violou as leis dos EUA ao cometer crimes de guerra e execuções extra-judiciais. O seu presidente diz que a acusação "tem motivações políticas".

Pages