You are here

Pesquisar

Artigo | 31 de August

EUA SÓ SAEM DO IRAQUE DEPOIS DA VITÓRIA
BushGeorge W Bush afirmou hoje que a vitória militar no Iraque é fundamental para vencer a «guerra ao terrorismo». Considerando que os EUA e os seus aliados estão envolvidos numa luta ideológica contra grupos islamistas xiitas e sunitas, onde incluiu em pé de igualdade a Al-Qaeda e o Hezbollah, Bush elegeu o Iraque como o centro dessa guerra, avisando que os EUA «não sairão do Iraque até atingirem a vitória». Falando para soldados veteranos em Salt Lake City, no Utah, argumentou que se os Estados Unidos não enfrentarem os terroristas no Iraque acabarão por enfrenta-los na sua própria casa. Este é o primeiro de uma série de discursos sobre política externa que o Presidente dos Estados Unidos tem programado com vista à batalha eleitoral que se aproxima em que a baixa popularidade do Presidente e a guerra do Iraque parecem ser um grave problema para os republicanos.

Artigo | 31 de August

MAIORIA DOS ATAQUES ISRAELITAS NOS ÚLTIMOS TRÊS DIAS DA GUERRA
Bombadefragmentacao As Nações Unidas encontraram até agora cem mil componentes de bombas de fragmentação por deflagrar em 359 locais no Líbano. «O que é chocante e completamente imoral é que 90% dos ataques com bombas de fragmentação aconteceram nas últimas 72 horas do conflito, quando sabíamos que haveria uma resolução», disse o coordenador dos assuntos humanitários da ONU, Jan Egeland. O uso destas bombas não é permitido pela lei internacional. «As bombas de fragmentação afectam áreas extensas, muitas casas e zonas agrícolas» disse Engeland, acrescentando: «elas estarão connosco por muitos meses, provavelmente anos».

Artigo | 31 de August

PRISÃO DE REINADO ERA GUARDADA POR CINCO HOMENS DESARMADOS
reinadoDepois
da estranha fuga da prisão de Becora, há dois dias, do major Alfredo
Reinado, começaram as buscas. O major fugiu, sem dificuldade,
acompanhado pelos seus camaradas, pela porta principal da prisão.
Segundo o director nacional das prisões a segurança daquele
estabelecimento prisional era garantida naquele momento por cinco
guardas sem armas e sem rádios.