You are here

Pesquisar

Artigo | 31 de October

"SIM" VENCE COM 63% NO REFERENDO
manifestaao_em_setbal_foto_de_paulete_matos O "sim" à despenalização do aborto ganharia com
63% se o referendo fosse hoje, diz uma sondagem encomendada pelo Diário de
Notícias e a TSF à Marktest. Votariam "não" 27% dos eleitores. Oito
por cento afirmam, por agora, "não saber" e dois por cento não respondem.
A sondagem foi realizada nos dias 20 e 21 de Outubro e
respondeu à mesma pergunta que irá ser colocada no referendo: "Concorda ou
não com a despenalização da interrupção voluntária da gravidez, se realizada
por opção da mulher, nas dez primeiras semanas, em estabelecimento de saúde
legalmente autorizado?"
Ouça o tema da semana da Esquerda.Rádio sobre a Interrupção
Voluntária da Gravidez.

Artigo | 31 de October

PARALISAÇÃO FOI TOTAL
metro060926Os trabalhadores do Metro fizeram hoje em greve até ao meio-dia, pela quinta vez este ano, exigindo o prolongamento do Acordo de Empresa. Os sindicatos exigem a continuidade do Acordo, que define os direitos e obrigações dos trabalhadores e da entidade patronal e que está em vigor há 30 anos mas expira no final de 2007. Diamantino Lopes, da Federação dos Sindicatos dos Transportes Rodoviários e Urbanos (FESTRU) disse à agência Lusa que a adesão à greve rondou os 100% e que todas as estações encerraram.

Artigo | 30 de October

BOLSEIROS FAZEM PROTESTO EM FRENTE À AR
bolseiros4Cerca de cem bolseiros de investigação científica realizaram ontem o protesto "cientistas nas lonas" em frente à Assembleia da República. Os bolseiros montaram tendas para chamar a atenção para a sua situação de trabalhadores totalmente precários, sem contratos de trabalho e sem descontos à Segurança Social - a Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) paga-lhes um seguro social voluntário, mas desconta com base apenas num salário mínimo. "É nesta situação de total precariedade que vivem bolseiros altamente qualificados que garantem o funcionamento de muitas instituições", disse ao Esquerda Rui Borges, bolseiro investigador da Faculdade de Ciências e pós-doutorado.

Artigo | 30 de October

MORADORES CONTRA INSTALAÇÃO DE LINHA DE MUITO ALTA TENSÃO
sintraaltatensao061028No passado Sábado, 28 de Outubro, uma caravana Automóvel atravessou parte do Município de Sintra em protesto contra a pretensão da Rede Eléctrica Nacional (REN) em instalar uma linha de Muito Alta Tensão que passará em zonas de grande densidade populacional, pondo em risco a saúde e a qualidade de vida das populações.

Artigo | 27 de October

TRABALHADORES QUEREM SABER FUTURO DA EMPRESA
alcoa1Pelo
terceiro dia consecutivo, os 480 trabalhadores da Alcoa paralisaram
exigindo conhecer o futuro da empresa. A Alcoa produz cablagens para a
Autoeuropa e tem visto a sua produção ser deslocalizada para a Hungria.
Ontem à tarde, em plenário, os trabalhadores suspenderam a paralisação,
que, se continuasse, provocaria a paragem da produção dos monovolumes
da
Autoeuropa.

Artigo | 27 de October

FUNCIONÁRIOS CONTRATADOS VOLTAM HOJE À GREVE
consuladolondresOs
trabalhadores contratados do Consulado Geral de Portugal em Londres
paralisam hoje reivindicando que o Ministério dos Negócios Estrangeiros
cumpra a lei e lhes permita escolher entre descontos para a segurança
social portuguesa ou britânica.

 

Artigo | 27 de October

SONDAGEM DA TVI DÁ MAIORIA AO SIM
julgamentoaveiroNuma sondagem da TVI 66,9% das pessoas interrogadas são a favor do "sim" à despenalização do aborto até às 10 semanas, 27,6% pronunciaram-se pelo "não" e 5,4% sem opinião. Sobre a sondagem a deputada Helena Pinto do Bloco de Esquerda afirmou-nos: "O resultado da sondagem vem de encontro às expectativas que temos. A maioria do povo português não apoia os julgamentos e a criminalização das mulheres. Mas a campanha ainda não começou e é preciso insistir para que todas as pessoas participem e vão votar no referendo".

Artigo | 26 de October

TESTES NA SECIL COMEÇAM DENTRO DE 15 DIAS
secil O Ministério do Ambiente atribuiu à Secil a licença para fazer os primeiros testes de queima de resíduos industriais perigosos, com as lamas oleosas de Sines, daqui a quinze dias. Não foi ainda dada nenhuma licença à Cimpor. «Falta agora fazer uma vistoria, para ver se na Secil está tudo conforme com a licença, e vamos avançar para os primeiros testes depois da reunião de dia 8 de Novembro com a comissão de acompanhamento local», afirmou à Lusa fonte ligada ao processo.

Artigo | 26 de October

MANIFESTAÇÃO NACIONAL A 25 DE NOVEMBRO
manif12out_1A CGTP anunciou ontem uma manifestação nacional para 25 de Novembro contra as políticas do Governo. A manifestação decorrerá à mesma hora em vários pontos do país. O coordenador da Intersindical considerou que o Orçamento de Estado para 2007 prova que o governo tem uma «política vazia de qualquer estratégia de desenvolvimento» e defendeu que este deve ser revisto.

Artigo | 25 de October

PREÇO DA ÁGUA PODERÁ SUBIR

aquedutoO
Governo pensa aumentar o preço das águas brevemente, caso se verifiquem
situações de seca, como a do ano passado. A hipótese está a ser
estudada a propósito da revisão das tarifas da água e foi avançada
ontem pelo ministro do Ambiente, à margem do XII Encontro Nacional de
Saneamento Básico, que decorre, desde ontem, no Estoril .

Artigo | 25 de October

GOVERNO PROMETE TAXAR BANCA

Ministro das FinançasPerante
o aumento de lucros do sector financeiro e as notícias escandalosas que
davam conta de mais isenções fiscais para os bancos, o ministro das
Finanças, Teixeira dos Santos, veio ontem comprometer-se no Parlamento,
garantindo que o Governo vai anunciar medidas para que a tributação
efectiva da banca seja igual à que é paga pelas empresas em geral. 

Artigo | 24 de October

STE E FESAP ENTRAM NA GREVE NACIONAL

fpublicaO Sindicato dos Quadros Técnicos
do Estado (STE) e a Frente Sindical da Administração
Pública , afecta à UGT, anunciaram ontem a convocação de uma greve
nacional para os dias 9 e 10 de Novembro em protesto contra a
política negocial do Governo. A paralisação
coincide com a greve decretada, no início do mês, pela
Frente Comum, da CGTP.
A jornada de luta pretende protestar
contra a postura negocial do governo que quer impor uma actualização
salarial de 1,5% em 2007 e o aumento dos descontos dos trabalhadores
para a ADSE de 1 para 1,5%.

Artigo | 24 de October

TAXAS MODERADORAS PODEM SER INCONSTITUCIONAIS
vitorinoAntónio Vitorino disse ontem que o governo ainda terá de fazer a demonstração da conformidade constitucional da decisão de aumentar as taxas moderadoras na saúde. No programa "Notas Soltas", na RTP, o ex-comissário europeu disse que "é preciso dar mais argumentos para o debate sobre o sistema de saúde", discussão que, na sua perspectiva, "está por fazer" em Portugal.

Artigo | 23 de October

BANCA ENGANA CLIENTESeuros
A banca calcula de forma diferenciada os juros ao crédito e aos
depósitos, prejudicando os clientes das instituições bancárias, revela
a edição de hoje do Diário de Notícias. No caso dos empréstimos
concedidos pela banca, a base de cálculo para a definição dos juros é
de 360 dias, um número que sobe para 365 no caso dos depósitos. Uma
discrepância que custa, todos os anos, milhões de euros aos clientes.  
A

Artigo | 23 de October

Banca engana clientes 

A banca calcula de forma diferenciada os juros ao crédito e aos depósitos, prejudicando os clientes das instituições bancárias, revela a edição de hoje do Diário de Notícias. No caso dos empréstimos concedidos pela banca, a base de cálculo para a definição dos juros é de 360 dias, um número que sobe para 365 no caso dos depósitos. Uma discrepância que custa, todos os anos, milhões de euros aos clientes.

Artigo | 20 de October

TARIFAS DA ELECTRICIDADE AINDA ACIMA DA INFLAÇÃO
lampadaO ministro da Economia, Manuel Pinho, afirmou que o aumento das tarifas de electricidade vai ficar entre os 6 e os 8 por cento e que o Governo considera "inaceitável" o aumento de 15,7 por cento proposto pela entidade reguladora do sector. O aumento, ainda assim, fica muito acima da inflação. O Bloco de Esquerda apresentou no Parlamento um projecto de lei que limita os aumentos anuais das tarifas da electricidade no consumo doméstico à taxa de inflação esperada, medida que existia desde 1995 mas que foi revogada em Fevereiro passado.

Artigo | 20 de October

CONCENTRAÇÕES PELO RIVOLI NO PORTO E EM LISBOA
rivoluoAlgumas centenas de pessoas concentraram-se em frente ao teatro Rivoli, no Porto, para fazer o balanço da ocupação e para deixar claro que a luta contra a privatização do Rivoli não vai parar. Em Lisboa, em frente ao teatro S. Luís, reuniu-se uma centena de pessoas para demonstrar a solidariedade com a luta contra a privatização do Rivoli e para que este garanta o acesso a todos os núcleos de criação artística em todas as artes. Eduarda Dionísio leu declarações de apoio de Jorge Silva Melo, dos Artistas Unidos, e Luís Miguel Cintra, da Cornucópia.

Artigo | 20 de October

SINDICATOS REJEITAM IMPOSIÇÃO DO MINISTÉRIO
manifprofes5outd
As 14 organizações representativas dos professores rejeitaram o
requisito exigido pelo Ministério da Educação, que condicionou o
prosseguimento das negociações e a concretização de alterações na
revisão do Estatuto da Carreira Docente ao fim dos protestos da
classe."Não aceitamos condições porque o ministério não é dono da
negociação. Numa negociação, as partes valem o mesmo, ainda que uma
seja o governo e a outra os trabalhadores", disse Mário Nogueira,
porta-voz da plataformarepresentativa dos docentes.

Artigo | 19 de October

ME AMEAÇA INTERROMPER
NEGOCIAÇÕES

manifprofes5outi Na rodada de negociações
realizada hoje com os representantes dos professores, o Ministério
da Educação ameaçou os sindicatos de interromper
as negociações caso continuem os protestos: "Se as
organizações sindicais persistirem em manter um clima
de conflitualidade e continuarem a programar acções de
luta como as das últimas semanas, não haverá
possibilidade de desenvolver esse trabalho", afirmou o
secretário de Estado Adjunto e da Educação,
Jorge Pedreira. Os sindicatos reagiram considerando vergonhosa esta
posição.

Artigo | 19 de October

AR APROVA REFERENDO
parlamentoO projecto de resolução
que convoca a realização de um referendo à
despenalização da interrupção voluntária
da gravidez até às dez semanas foi aprovado hoje na
Assembleia da República com os votos favoráveis do PS,
do Bloco de Esquerda e do PSD, os votos contra do PCP e dos Verdes e
a abstenção do CDS/PP.
A deputado Helena Pinto, do
Bloco de Esquerda, disse que "Se o único caminho que tem o
voto maioritário é o referendo, vamos ao referendo para
que acabem os julgamentos de mulheres. E não fazemos de uma
questão com esta dimensão uma querela partidária,
que é mesquinha e que só enfraquece o campo do SIM." Vídeos das intervenções de Helena Pinto e de Francisco Louçã.

Pages