You are here

Pesquisar

Artigo | 21 de May

Lista A ganha eleições para todos os órgãos do SPGLCom resultados de mesas validadas correspondentes a 89% do universo de eleitores, a lista A vai à frente das eleições para o Sindicato dos Professores da Grande Lisboa, com uma vantagem que lhe garante a vitória. Para a mesa da Assembleia Geral e a direcção central, a lista A tem 2.869 votos e a B 1.641. A lista A é afecta à anterior direcção e a lista B reivindicava ter apoiado Mário Nogueira para secretário-geral da Fenprof.

Artigo | 21 de May

Trabalhadores da Qimonda vão realizar uma concentração de protesto até final de Maio de 09Um plenário de trabalhadores da Qimonda, que juntou nesta Quarta feira cerca de 500 trabalhadores, decidiu convocar uma concentração de protesto junto à fábrica até ao final do mês de Maio. Bruno Maia da Comissão Instaladora de Trabalhadores disse que o objectivo será "alertar e pressionar o Governo e entidades competentes para a situação da Qimonda".

Artigo | 21 de May

António Chora coordenador da Comissão de Trabalhadores da AutoeuropaA Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa diz que a administração da empresa "quer impor a sua proposta através de métodos de pressão", responde "não vamos ficar de braços caídos e permitir que isso aconteça" e convoca plenários para Sexta feira dia 29 de Maio, de manhã e de tarde. A CT declara ainda que tudo irá fazer para que sejam reabertas as negociações.

Artigo | 21 de May

491.635 pessoas estavam inscritas como desempregadas no final de Abril de 2009O Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) tornou público nesta Quinta feira o número de desempregados inscritos no final de Abril, que teve a maior subida desde 2003 - mais cem mil desempregados do que um ano antes. Só nesse mês o número de desempregados inscritos aumentou 1,5% em relação ao mês anterior, mais 7.504 pessoas - 250 novos desempregados por dia. O Bloco de Esquerda disse que estes números revelam o fracasso absoluto do Governo.

Artigo | 21 de May

António Chora acusou a administração da Autoeuropa de intransigência e má fé na negociação - foto da Lusa (arquivo)A administração da Autoeuropa rompeu
ontem as negociações com a Comissão de Trabalhadores. Em causa
estava unicamente o pagamento do trabalho suplementar ao Sábado, que
a empresa quer passar a pagar como um dia normal de trabalho. A
administração faz outras ameaças, os trabalhadores devem reunir em
plenário na próxima semana.