You are here

Pesquisar

Artigo | 3 de April

Que o governo ache normal que parte dos trabalhadores independentes tenham 219 euros por mês para sobreviver é perturbador. Que exiba como prova de sucesso e generosidade que o valor médio de apoios é de 300 euros choca com o limiar de pobreza. Felizmente, estes trabalhadores não dependem apenas do governo. Por José Soeiro.