You are here

Pesquisar

Artigo | 7 de January

Durante a apresentação da proposta bloquista que visa impedir que as famílias incapazes de cumprirem com as suas dívidas percam a casa onde vivem, o deputado Paulino Ascenção lamentou que “enquanto enormes sacrifícios recaíram sobre as pessoas para salvar bancos”, nada se tenha feito “para resgatar as famílias endividadas”.

Artigo | 7 de January

Agente da PSP que, em 2015, interpelou e agrediu um homem em frente a uma criança em pânico após o jogo Guimarães-Benfica será suspenso por 200 dias por ter utilizado "de forma excessiva os meios coercivos" e violado os "deveres de obediência, aprumo e zelo", segundo despacho da ministra da Administração Interna.

Artigo | 7 de January

Marisa Matias apontou como essencial “a questão da falta de mulheres no Conselho de Estado”, e afirmou que todos os partidos, sem exceção, têm culpa na escolha de cinco homens para representar a Assembleia da República naquele órgão. 

Artigo | 7 de January

A par da anulação das subconcessões dos transportes colectivos de Lisboa e Porto, foi aprovada ainda em Conselho de Ministros a nomeação de um novo conselho de administração para o Metropolitano de Lisboa e, consequentemente, para a Carris, Transtejo e Soflusa.

Artigo | 7 de January

Patrões e sindicatos referem que a supressão, por parte do governo PSD/CDS, de quatro feriados desde 2013 não aumentou a produtividade. CGTP e UGT exigem reposição este ano. Esta sexta feira são votados no Parlamento projetos do Bloco PCP, PEV e PS que visam o restabelecimento dos feriados eliminados.

Artigo | 7 de January

Marisa Matias afirmou que, no caso do BANIF, já não se podia dar mais o benefício da dúvida, porque este era o momento de virar a página dos sacríficos, e defendeu que a integração na CGD protegia os contribuintes como nenhuma outra solução.

Artigo | 6 de January

Esta quarta-feira, no parlamento, Mariana Mortágua trouxe a debate os casos do BES/Novo Banco e Banif, onde o que afinal está em causa “é o fortalecimento do mercado financeiro único europeu, dominado por grandes grupos económicos, à custa da absorção dos bancos nacionais saneados com dinheiros públicos. Bloco defende "redondo e rotundo não" à entrega do sistema bancário "a interesses externos".

Artigo | 6 de January

Marisa Matias afirmou que cabe ao Presidente da República “dar a voz e pôr em diálogo os setores da sociedade que são mais invisíveis” enunciando o combate ao Alzheimer como um desses casos.

Artigo | 6 de January

Para Marisa Matias “enquanto o dinheiro estiver a ser completamente direcionado para o pagamento do serviço da dívida não teremos serviços públicos de qualidade, nem Estado Social, como devemos e temos direito a ter”.

Artigo | 6 de January

Numa sessão em Guimarães, a porta-voz do Bloco criticou “o candidato da direita”, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmando que Portugal não pode ter pode ter como Presidente da República alguém que "se desdiz a cada momento". Em jeito de balanço de 2015, Catarina Martins lembrou ainda o papel desempenhado pelo Bloco para "parar a direita" e possibilitar um novo Governo.

Artigo | 5 de January

Líder do Podemos, partido que se converteu na terceira força política em Espanha, é um dos intervenientes no mega comício que a candidatura de Marisa Matias organiza para dia 16, no Cinema São Jorge, em Lisboa.

Artigo | 5 de January

Para Marisa Matias o Serviço Nacional de Saúde é um direitos constitucionais que mais tem sido atacado nos últimos tempos, e muito devido à conivência de Cavaco Silva, que “não está a fazer o seu papel”.

Artigo | 5 de January

No debate desta segunda-feira, na Sic Notícias, Marcelo Rebelo de Sousa mentiu quando confrontado por Marisa Matias, que recordou as declarações críticas do então comentador televisivo sobre o pedido de fiscalização sucessiva do OE2012 entregue pelo Bloco e alguns deputados do PS. Na altura perguntou incrédulo: “Passa pela cabeça de alguém que a maioria dos Juízes do Tribunal Constitucional chumbe o OE? Isto lembra ao careca?”. Agora diz que até concordou com decisão do TC.

Artigo | 5 de January

Marisa Matias sublinhou a importância do Tribunal Constitucional, que por mais que uma vez impediu cortes de salários e pensões, garantindo que a Constituição se sobrepõe às imposições de Bruxelas, como defende Marisa, e lembrou que Marcelo criticou poder de fiscalização sucessiva, aquando do Orçamento de Estado de 2012.

Artigo | 4 de January

Na próxima quinta-feira, a Assembleia da República vai debater um projeto do Bloco de Esquerda que proíbe o fisco de vender casas de morada de família por dívidas fiscais. Em conjunto, será igualmente debatido um projeto do PS, que, segundo o jornal “I”, vai além do que estava inscrito no programa de governo.

Artigo | 4 de January

Num debate a dez, transmitido pela Antena 1, Marisa Matias reafirmou que, no caso do BANIF, faltou ao país “um Presidente da República que se associasse e que procurasse fazer essa batalha” por uma resolução diferente, em que não fossem os contribuintes a pagar, mesmo que levasse a desobedecer a Bruxelas.

Artigo | 4 de January

No debate com Maria de Belém, Marisa Matias afirmou que Portugal não pode, neste novo ciclo político, ter um Presidente da República a dizer que aquilo que tem sido a solução até aqui é aquela que continua, e manifestou-se contra a lei que permite a acumulação de cargos que estão em conflito de interesses.

Artigo | 3 de January

Decorre este domingo à noite, o debate que, pela primeira vez em Portugal, põe frente-a-frente duas mulheres candidatas ao cargo de Presidente da República. Para Marisa Matias, trinta anos depois de Pintasilgo, “é um sinal de maior maturidade” ter duas mulheres candidatas, mas destaca que há muito por fazer.

Artigo | 3 de January

O Banco de Portugal (BdP) divulgou no final do passado mês de outubro que o ex-secretário de Estado Sérgio Monteiro iria liderar a venda do Novo Banco. Bloco quis ver contrato em 11 de dezembro, mas o contrato só foi assinado em 18 de dezembro. O “Senhor Privatizações” ganhará mais de 300 mil euros por 12 meses.

Artigo | 2 de January

Marisa Matias lembrou, num debate presidencial na TVI24, que “estamos numa eleição para Presidente da República e passa-se o tempo a discutir as regras do tratado orçamental quando devíamos estar a discutir as regras da constituição”. Para a candidata “se houver conflito vale a Constituição da República”.

Pages