You are here

Pesquisar

Artigo | 17 de October

Abastecendo o automóvelPS, PSD e CDS chumbaram hoje na AR as propostas do Bloco de Esquerda para a criação de um mecanismo de controlo dos preços dos combustíveis. O projecto de lei do Bloco tinha como objectivo abolir a liberalização e instituir um mecanismo antiespeculativo de formação de preços. "A liberalização é a garantia do controlo do monopólio pelas empresas, é aceitar que sejam empresas com poder total no mercado a regular", acusou Francisco Louçã.

Artigo | 16 de October

Louçã criticou a proposta do governo por não exigir responsabilidades ou garantias à banca O Parlamento aprovou esta quinta feira a proposta do governo que estabelece um fundo de 20 mil milhões de euros para garantir as operações interbancárias em Portugal. A proposta foi aprovada com os votos favoráveis do PS e da direita, com votos contra do Bloco de Esquerda, PCP, PEV e da deputada Luisa Mesquita e com a abstenção de Manuel Alegre. Francisco Louçã considerou tratar-se de um cheque em branco inaceitável e uma violência sobre os contribuintes. Veja aqui os vídeos do debate.

Artigo | 15 de October

O Primeiro Ministro Jose Socrates conversa com Joao Salgueiro, presidente da Associação de Bancos Portugueses. ANDRE KOSTERS/LUSAO parlamento discute esta quinta-feira a proposta do governo que estabelece um fundo extraordinário de 20 mil milhões de euros para garantir todas as operações inter-bancárias, passando os seus riscos a ser cobertos pelo Estado. O Bloco de Esquerda critica a "indefinição" desta medida, que não estabelece prazos nem impõe contrapartidas aos bancos. E apresenta um conjunto de alternativas.  

Artigo | 15 de October

O encontro europeu de sindicatos contestou a directiva europeia das 65 horasNo dia de 4 de Outubro de 2008 realizou-se em Barcelona o 4° Encontro de Sindicalistas do Partido da Esquerda Europeia. Sobre a mesa estiveram os serviços públicos e a luta contra as privatizações, a sub-contratação e os seus efeitos na qualidade do emprego, as directivas europeias e a política laboral. António Chora e Francisco Alves, pelo Bloco Esquerda, debateram a precariedade com dirigentes sindicais de vários países.

Artigo | 15 de October

Bloco/Açores está contra a privatização da EDA e defende aposta nas energias alternativasA candidatura do BE/Açores dedica esta quarta-feira a sua campanha à questão da energia, posicionando-se contra a privatização da Electricidade dos Açores (EDA), dado que isso colocaria em causa o serviço público nas ilhas mais pequenas e menos rentáveis. A necessidade de investir em energias alternativas e a defesa dos direitos laborais serão também discutidos na reunião dos candidatos do Bloco com os trabalhadores da EDA.  

Artigo | 15 de October

A criação de emprego e a baixa de juros são duas das prioridades apontadas por LouçãFrancisco Louçã lembra que o governo foi rápido a acudir os banqueiros no meio da crise, mas que não hesita em cortar nos apoios aos mais pobres. O coordenador da comissão política do Bloco diz qual é a prioridade das propostas do Bloco de Esquerda no debate orçamental que agora começa: "recompor a economia que proteja as pessoas, ou seja, criar emprego, recuperar os salários e baixar os juros". Vê o artigo no site do Bloco

Artigo | 15 de October

Teixeira dos Santos atraou-se na entrega da proposta de Orçamento para 2009. Foto da LusaNa apresentação tardia do Orçamento de Estado para 2009, o governo revê em alta a taxa de desemprego, de 7,4 (previsão anterior) para 7,6% (O FMI prevê 7,8%). Já o crescimento económico para o próximo ano é revisto em baixa (de 2 para 0,6%). João Semedo, deputado do Bloco de Esquerda, considera que "o governo se resignou ao desemprego e à estagnação económica". Louçã, em artigo no site do Bloco, aponta as prioridades do Bloco para o Orçamento 2009.

Artigo | 14 de October

Emídio Santana, histórico militante anarco-sindicalistaA 16 de Outubro de 1988 morria Emídio Santana. Militante anarco-sindicalista, resistiu à vitória do Estado Novo e à instalação da ditadura. Participou na organização da greve insurreccional de 18 de Janeiro de 1934. Jogou tudo contra Salazar: em 1937, participou no único atentado contra o tirano. Cumpriu 16 anos de prisão. Leia aqui o artigo de Jorge Costa e veja o vídeo de homenagem que o Bloco apresentou no seu centenário.

Artigo | 13 de October

Fajã do Calhau"Agora é o esquerdista da linha de Cascais, (...) dr. Louçã, que (...) que me acusa de fazer estradas para fazer favores a quem faz obras", atacou Carlos César, presidente do governo Regional dos Açores.
O Bloco Açores responde que "os impropérios" se usam para "impedir o debate político" e reafirma que continuará a perguntar onde estão: o projecto da estrada da Fajã do Calhau, o concurso, o orçamento, os responsáveis e o estudo de impacte ambiental. Leia mais em acores.bloco.org Pode ouvir C. César no primeiro jornal da SIC, aos 42 minutos.

Artigo | 13 de October

BE propõe alterações à lei das autoridades de transportes - Foto * FlickrO Bloco de Esquerda apresentou seis propostas de alteração à proposta de lei do governo de criação das Autoridades Metropolitanas de Transportes de Lisboa e Porto (AMT). As propostas do BE apontam para a criação de um Observatório de Transportes e introduzem na composição dos órgãos das AMT menos governamentalização e mais participação das autarquias. Leia mais em beparlamento.esquerda.net

Artigo | 13 de October

Comício em Rabo de Peixe - Domingo 12 de Outubro de 2008
Francisco Louçã e Zuraida Soares realizaram ontem um comício, com casa cheia, na freguesia mais pobre do país, Rabo de Peixe.
Nesse comício o Bloco de Esquerda Açores exigiu medidas de apoio aos mais pobres e Francisco Louçã criticou a decisão do governo de garantir 20 mil milhões de euros, 10% do PIB, de aval do Estado aos empréstimos inter-bancários e defendeu medidas alternativas.

Artigo | 12 de October

O governo prefere acudir os bancos em vez de exigir responsabilidades aos grandes accionistasO Governo vai abrir uma linha de crédito de 20 mil milhões de euros para os bancos recorrerem em caso de necessidade, um valor equivalente a 11,75% do PIB. Contactado pelo Esquerda.net, Francisco Louçã critica o governo por não actuar no que é indispensável: garantir os depósitos de todos os contribuintes e exigir aos accionistas o aumento de capital das instituições, até porque só no ano passado obtiveram lucros de 9 milhões de euros por dia.  

Artigo | 12 de October

Cerca de 250 pessoas sobrelotaram o restaurante onde o Bloco realizou o seu jantar/comício. Clica para ampliar
No maior jantar/comício de sempre organizado pelo Bloco/Açores (250 pessoas em Ponta Delgada), Zuraida Soares acusou Carlos César de iludir os Açorianos com o "oásis", quando a precariedade laboral é a realidade que mais se sente. Por seu turno, Francisco Louçã avisou que uma maioria absoluta do PS Açores seria sempre "contra as pessoas" e garantiu que para combater a crise o Bloco vai "insistir na proposta de criação de crédito bonificado protegido para os desempregados".  

Artigo | 11 de October

Transporte ilegal de prisioneiros pela CIA está a ser cada vez mais investigadoUm relatório do ministério da defesa espanhol que refere voos da CIA com transporte ilegal de prisioneiros que poderão ter feito escala em Portugal será incluído na investigação que o Ministério Público está a fazer sobre o caso. Esta semana, a secção espanhola da Amnistia Internacional já tinha salientado a passagem destes voos por território português.

Artigo | 10 de October

Activistas LGBT encenaram casamento em frente à Assembleia da República. Lá dentro, o PS chumbava o direito à igualdade. Foto Paulete MatosAs propostas de legalização dos casamentos do mesmo sexo foram chumbadas no parlamento pelos votos da maioria dos deputados do PS. No fim da votação, dezenas de deputados socialistas anunciaram a entrega de declarações de voto. Manuel Alegre não respeitou a disciplina de voto e votou a favor das propostas do Bloco e Verdes. Lá fora, activistas do movimento LGBT encenaram casamentos com casais gays e lésbicos

Artigo | 10 de October

Sócrates pode anunciar na próxima semana o abandono da privatização da GALPA imprensa económica diz que o governo prepara-se para recuar na intenção de privatizar 7% da GALP, dois meses depois de ter anunciado a quinta fase da privatização. A desvalorização do preço das acções, devido à crise financeira, é a razão apontada para o adiamento da operação.

Artigo | 10 de October

Afinal, parece que os casamentos homossexuais vão ser novamente adiados em 2009. Foto Paulete Matos

Na declaração de voto que irá apresentar ao parlamento para justificar o chumbo dos projectos de lei que legalizam os casamentos entre pessoas do mesmo sexo, o PS recua em relação ao compromisso de o propor no programa eleitoral de 2009. Agora fala na "criação dos necessários consensos que conduzam a soluções que garantam a realização duradoira e consistente dos princípios da liberdade e igualdade de direitos".

Artigo | 9 de October

Jornal começa a ser distribuído este fim de semana O Bloco de Esquerda lançou um jornal gratuito que aborda a crise financeira internacional, mostrando que as classes mais baixas estão a pagar os erros e a ganância dos capitalistas especuladores. Na próxima quinta-feira, dia 16 de Outubro, realiza-se uma jornada nacional de distribuição do jornal, que pode ser descarregado aqui. Além de referir os principais acontecimentos que conduziram à actual crise e ao agravamento das desigualdades sociais, o jornal lembra os escândalos recentes na banca portuguesa, os erros na privatização de sectores estratégicos e a falta de respostas adequadas do governo português.

Artigo | 9 de October

Alegre acusa a UE de não ter pensamento próprio na política externaManuel Alegre criticou a decisão do governo socialista de reconhecer a  independência do Kosovo, que considera abrir "um precedente gravíssimo", considerando que Portugal acabou por seguir a orientação da União Europeia que, no entender do deputado do PS, se tem comportado como uma "criada de servir" do governo dos Estados Unidos.

Artigo | 8 de October

O Bloco quer saber a lista completa das casas atribuídas pela Câmara Municipal de LisboaA politica de habitação esteve no centro da intervenção do Bloco de Esquerda no debate do estado da Cidade de Lisboa, na última Assembleia Municipal. O Bloco exigiu a divulgação da lista das casas atribuídas pela autarquia, e defendeu a retirada do pelouro da habitação a Ana Sara Brito, por considerar que a vereadora do PS não tem condições para gerir aquele pelouro depois de ter vivido durante vinte anos numa casa da câmara. Leia a notícia no site do BE/Lisboa

Pages