You are here

Pesquisar

Artigo | 9 de December

O conflito não passa para segundo plano, porque é inerente ao eixo central da acção, mas o leitor perde-se nas vidas das personagens, montadas enquanto gente, não enquanto engrenagem da narrativa. As feridas que as décadas foram largando pelos anos vão aparecendo aos poucos, atando as pontas, construindo uma constelação em cada personagem. Por Ana Bárbara Pedrosa.

Artigo | 27 de November

O romance de estreia de James Baldwin chegou a Portugal em 2019, 65 anos depois de ter sido escrito. Esta é considerada a sua obra mais importante e surgiu após a publicação, também pela Alfaguara, de “Se esta rua falasse”. Por Ana Bárbara Pedrosa.

Artigo | 14 de November

O grande trunfo do romance será a exploração de uma vida quase marginal, com personagens convincentes, pese embora a tentativa de universalização da criança pela ocultação de género e de nome (“M.”). Tudo pesado, o que sobrevive após a leitura são as partes acutilantes e comoventes. Por Ana Bárbara Pedrosa.

Artigo | 19 de October

O esquerda.net entrevistou Geovani Martins, autor carioca, a propósito do seu livro de contos “O sol na cabeça”, recentemente publicado em Portugal. Por Ana Bárbara Pedrosa.

Artigo | 17 de October

O Esquerda.net falou com Mário Lúcio Sousa, cantautor, pintor, poeta, romancista, ex-ministro da Cultura de Cabo Verde, a respeito do seu último livro publicado em Portugal, “O diabo foi meu padeiro”. A entrevista focou-se no campo de concentração do Tarrafal, onde se passam as ações do romance. Por Ana Bárbara Pedrosa.

Artigo | 4 de October

O seu carácter (quase) documental em nada sonega o interesse e a importância de uma magistral construção literária. A literatura faz, assim, o que só ela pode fazer: dá a alguém, através de um livro, um murro no estômago, e de inquietude. Um romance corpóreo e contundente. Por Ana Bárbara Pedrosa.

Artigo | 29 de September

Podia ser muito fácil, de uma janela de uma favela do Rio de Janeiro, cair no exotismo ou no pântano interior. Mas não. Daquela janela carioca, vê-se o mundo. Por Ana Bárbara Pedrosa.

Artigo | 14 de August

Num universo ficcional já tantas vezes comparado ao de Elena Ferrante, Rosa Ventrella explora um bairro de Bari, sul de Itália, nos anos 80. Ali, os verões são passados entre os becos e as ruelas, as crianças crescem pelas ruas, o nome de família dita o lugar social e inimigos, homens e mulheres são planetas diferentes. Por Ana Bárbara Pedrosa.

Artigo | 6 de August

“Istambul, Istambul” é a primeira obra de Burhan Sönmez publicada em Portugal. Esta janela para a Turquia de Erdogan, cujas limitações levaram ao exílio do autor no Reino Unido, já foi traduzida para 30 línguas, ganhou o prémio ERBD no Reino Unido e chegou agora a Portugal pelas mãos da D. Quixote. Por Ana Bárbara Pedrosa.

Artigo | 7 de July

A Filha Devolvida é o terceiro romance de Donatella di Pietrantonio. Galardoado com o prémio Campiello, vendeu mais de 150 mil exemplares só em Itália. Por Ana Bárbara Pedrosa.

Artigo | 6 de July

O problema do romance – ou talvez a sua maior benesse – é que a tensão se mantém para lá do fim. É que se sabe desde o início que o bebé morre, mas falta saber como. É essa procura que motiva o leitor, é isso que torna a leitura num caminho de cães com fome. Por Ana Bárbara Pedrosa.

Artigo | 19 de June

Aclamado pela crítica, este Em tudo havia beleza (Alfaguara, 2019), de Manuel Vilas, sensação literária de Espanha, prometia muito mais do que o que deu. Por Ana Bárbara Pedrosa.

Artigo | 4 de June

O que comove e choca neste romance será, por isso, a perfeição cirúrgica com que o autor confronta os leitores com a honestidade, mostrando como, não raras vezes, é a ausência dela a única forma de alicerçar relações e fazê-las durar. Por Ana Bárbara Pedrosa.

Artigo | 7 de May

A editora Ponto de Fuga acaba de fazer uma reedição da Antologia de Poesia Portuguesa Erótica e Satírica, organizada por Natália Correia em 1965. Lançada pela Afrodite de Ribeiro de Mello, a obra escandalizou o regime e foi censurada. A escritora, o editor e alguns dos poetas da colectânea foram processados e condenados.

Artigo | 5 de March

"Estes sete capítulos ficam em tudo aquém de um autor desta envergadura. Não apenas por uma narrativa que não impõe grande desafio ao nível técnico, mas também por um tema que, tentando ir ao osso do choque, não sendo acompanhado por mais, se torna monótono, desajustado, mastigado." Por Ana Bárbara Pedrosa. 

Artigo | 13 de February

O Esquerda.net falou com Stefan Hertmans, escritor flamengo, sobre literatura, o livro “Guerra e Terebintina”, a primeira guerra mundial, redes sociais, feminismo, violência. Por Ana Bárbara Pedrosa.

Artigo | 7 de February

Amos Oz, um dos mais conceituados autores israelitas, e recentemente falecido, foi uma voz incómoda em Telavive. Defensor dos direitos dos palestinianos a um Estado independente e muito crítico do Estado israelita, foi/é um protagonista fundamental do pensamento sobre o conflito israelo-árabe.

Artigo | 10 de January

Vai dizer-se que já está ultrapassado. É que é fácil olhar para os títulos e julgar que já estão ultrapassados. Caricatura, gaveta? Sexismo, visão reaccionária, a cada genital o seu impulso, a cada hormona a sua condição social? Mentiras azuis para um lado, enganos cor-de-rosa para o outro? Até na falta à verdade o ser humano se divide entre testosterona e estrogénio? Por Ana Bárbara Pedrosa.

Artigo | 29 de November

Fukuyama conclui que o nacionalismo e o islamismo (“o Islão político”) podem ser encarados como duas faces da mesma moeda, na medida em que ambos exprimem uma identidade de grupo que procura reconhecimento público. Por Ana Bárbara Pedrosa.

Artigo | 24 de November

“O fim do fim da terra” (D. Quixote, 2018) é um conjunto de ensaios escritos maioritariamente nos últimos cinco anos por Jonathan Franzen, autor de obras como “The Corrections” (2001), “Freedom” (2010) ou “Purity” (2015). Por Ana Bárbara Pedrosa.

Pages