You are here

Pesquisar

Artigos Opinião Esquerda | 29 de March

A política do medicamento dos governos do PS é de sentido único: poupar à custa do bolso do cidadão. Foi assim com Correia de Campos, continua a ser assim com Ana Jorge. Nestes cinco anos, os medicamentos ficaram mais caros, as comparticipações do estado baixaram e os portugueses viram crescer a parte que lhes cabe pagar sempre que compram um remédio na farmácia. E, claro, nem a indústria nem as farmácias se queixam: para uns e para outros, o negócio continua apetecível. É assim a política do PS.