You are here

Pesquisar

Artigo | 12 de February

Ao contrário do que anunciavam os arautos do fim do mundo, não só nada piorou, como estão a diminuir consistentemente, ano após ano, as interrupções voluntárias da gravidez. A despenalização, a 11 de fevereiro de 2007, trouxe sim mais acompanhamento, mais saúde e mais segurança. E mais planeamento familiar. Por Mariana Carneiro.

Artigos Opinião Esquerda | 11 de February

Menos de cinco anos fizeram toda a diferença. A 11 de fevereiro de 2007, o “sim” à interrupção voluntária da gravidez (IVG) venceu o referendo com mais de 59% dos votos. E eu fui uma das mulheres que já não teve de se sujeitar ao aborto clandestino e inseguro em Portugal.