You are here

Pesquisar

Artigo | 1 de July

O capitão de corveta Rafael Acosta Arévalo estava detido há oito dias e morreu quando foi apresentado ao tribunal. Segundo a esposa e organizações de defesa dos direitos humanos, o capitão terá morrido devido às torturas que sofreu na DGCIM.

Pages