You are here

Pesquisar

Artigo | 4 de October

No comício de encerramento da campanha, Catarina Martins defendeu em Setúbal que as “novas soluções para o país” só serão construídas com o Bloco, "que garante a luta pelo salário, pela pensão e que trouxe estabilidade à vida das pessoas".

Artigo | 4 de October

Analise quantitativa aos programas dos partidos quanto ao objetivo da neutralidade carbónica concluiu que o Bloco é quem apresenta mais medidas concretas e calendarizadas para reduzir as emissões de CO2. Dados estão disponíveis em co2dospartidos.pt.

Artigo | 4 de October

O Bloco perguntou ao Ministério da Cultura quais são os motivos dos atrasos na publicação dos resultado do concurso bienal de apoio às artes. No entender do partido, “o parco investimento na Cultura, aliado a uma precariedade constante no cumprimento dos prazos, torna a produção artística uma atividade cada vez mais difícil para os profissionais e os vários agentes do setor”.

Artigo | 3 de October

Esta quinta-feira, num comício no Porto com intervenções de Pedro Lamares, Francisco Louçã, José Soeiro e Catarina Martins, a coordenadora do Bloco lembrou que"não há quem não saiba no país que cumprimos todos os nossos compromissos” e que, após as eleições, há que “partir do que mais importante ficou por fazer: acabar com a precariedade, salvar o SNS, iniciar uma resposta verdadeira à crise climática”.

Artigo | 3 de October

Após uma reunião no I3S, Catarina Martins defendeu que “um país só tem futuro se tiver conhecimento”. E apresentou “três condições fundamentais” para desenvolver a ciência no nosso país: um “orçamento capaz”, autonomia e previsibilidade orçamental para as instituições científicas e vínculos laborais estáveis.

Artigo | 3 de October

Freitas do Amaral morreu aos 78 anos. Professor universitário de Direito, fundou o CDS do qual se afastou. Foi ministro da AD e do PS. Foi candidato presidencial da direita nas eleições de 1986 e presidente da Assembleia Geral da ONU. Assumiu depois posições contra a troika e a guerra do Iraque. O Bloco enviou condolências a família e amigos.

Artigo | 3 de October

Na audição à comissária portuguesa no Parlamento Europeu, o eurodeputado bloquista quis garantias de que a atribuição de fundos de coesão não será moeda de troca para pressionar os estados-membros a aceitar reformas propostas de Bruxelas.

Artigo | 3 de October

A distrital de Castelo Branco do Bloco questiona o governo e a Agência Portuguesa do Ambiente devido à diminuição do caudal do rio Ponsul que considera “um grave atentado ambiental e ecológico.” A APA diz que resulta de descargas extraordinárias na barragem espanhola de Cedillo.

Artigo | 3 de October

No comício de Coimbra, Catarina Martins falou de justiça na economia. Numa campanha em que a direita falou de impostos, julgando que o aumento de impostos de Vítor Gaspar estava esquecido, o Bloco defende ser preciso “cobrar a dívida enorme” para com o país dos interesses poderosos que “não têm pago quase nada”.

Artigo | 2 de October

Catarina Martins sublinhou em Coimbra a importância de valorizar o trabalho de excelência que se faz no SNS respeitando as carreiras dos seus profissionais. Sobre Tancos, afirmou estar disponível para uma nova comissão de inquérito.

Artigo | 2 de October

Catarina Martins defendeu em Famalicão a necessidade de combater o planeamento fiscal agressivo das grandes empresas que transferem lucros para offshores. Valor desta fuga em 2016 dava para pagar quase cinco vezes o aumento das pensões, sublinhou.

Artigo | 2 de October

Em comício em Braga, Catarina Martins saudou as conquistas de cuidadores informais, amas, precários do PREVPAP, e elogiou quem "faz milagres todos os dias" nas escolas e hospitais e merece melhores condições. Manifestou também confiança na eleição de um segundo deputado pelo distrito.

Artigo | 1 de October

A MUBi (associação pela mobilidade urbana em bicicleta) anuncia que centenas de candidatos assumiram compromisso de apoio à mobilidade em bicicleta. Na pontuação final dos partidos, o Bloco de Esquerda está à frente, ex aequo com o PAN, com 88.7.

Artigo | 1 de October

Numa sessão com cuidadores informais, Catarina Martins defendeu a importância de, na próxima legislatura, “termos a força suficiente em termos de Orçamento de Estado para dar direito ao descanso dos cuidadores” e de garantir o reforço dos apoios a quem não tem carreira contributiva por ser cuidador.

Artigo | 1 de October

A partir de 1 de outubro, quem tenha 60 anos de idade e 40 anos de descontos pode aceder à reforma sem o corte do fator de sustentabilidade. Pressão do Bloco foi decisiva para o novo regime arrancar antes do fim da legislatura.

Artigo | 30 de September

Catarina Martins falou em Aveiro sobre o combate à precariedade e a passagem de 30 mil trabalhadores a efetivos pelo PREVPAP, defendeu que o “trabalho temporário e o falso outsourcing têm de acabar”, que é preciso proteger quem tem trabalho por turnos e trabalho noturno e reafirmou: “queremos acabar com todos os cortes da troika”.

Artigo | 30 de September

Durante uma visita ao centro histórico do Porto, Catarina Martins afirmou que travar a especulação imobiliária, proteger as pessoas mais vulneráveis que são vítimas de assédio por parte dos senhorios e ter um parque habitacional público para que tem necessidade possa ter uma resposta pública são respostas essenciais pelas quais o Bloco se bate.

Artigo | 30 de September

Catarina Martins e quatro candidatos e candidatas com deficiência que integram as listas do Bloco reuniram com a coordenadora da delegação do Porto do Centro de Vida Independente. A dirigente bloquista destacou a necessidade de existir uma estratégia clara para a inclusão das pessoas com deficiência.

Artigo | 30 de September

Durante uma visita à feira de Espinho, Catarina Martins afirmou que o Bloco é a força que pode impedir uma maioria absoluta e é a força necessária no Parlamento para “lutar por quem vive do seu salário, por quem vive da sua pensão, pelo direito à Habitação, para lutar por um país em que toda a gente viva com dignidade”.

Artigo | 30 de September

A reposição dos horários normais da CP na linha de Sintra após fim do período de verão, prevista para 7 de setembro, não está a ser cumprida na íntegra. Foram cortados dois dos quatro comboios horários que, na hora de ponta, faziam a ligação Mira-Sintra/Meleças - Rossio.

Pages