You are here

Pesquisar

Artigo | 18 de February

“O Bloco foi oposição porque o Partido Socialista governou Lisboa com poder a mais e esquerda a menos, com muito fechamento e pouco foco no interesse público”, afirmou Ricardo Robles, candidato à Câmara de Lisboa na conferência nacional do Bloco de Esquerda. Leia aqui a sua intervenção na íntegra.

Fotogalerias | 18 de February
Fotos de Joana Louçã
Artigo | 18 de February

No encerramento da conferência autárquica do Bloco de Esquerda, Catarina Martins considerou o projeto do PS de descentralização “perigoso”, realçou que o partido vai combater a precariedade nas autarquias e apresentou Ricardo Robles, como candidato do Bloco à Câmara de Lisboa.

Artigos Opinião Esquerda | 18 de February

Quando António Costa aconselhou Passos a dedicar-se à caça de pokémons ... sabia bem que o persuadia a entrar num jogo decadente.

Audio | 18 de February

As 3 Marias ― Depois, 2017.
Terra Batida ― Falaciosa realidade, 2017.
Adriano Correia de Oliveira ― Cantigas portuguesas, 1980.
Luís de Freitas Branco ― Suite alentejana Nº. 1, 1950.
Pedro e os Lobos ― Este chão que pisamos, 2016.

Edição nº 249, de 18 de fevereiro de 2017

Artigo | 18 de February

António Saraiva, presidente da CIP, defendeu, neste sábado, a reestruturação da dívida pública portuguesa, mas “não na comunicação social, não na luta político-partidária”.

Artigo | 18 de February

“A Caixa é de todos” e “Respeito pelos pobres” foram palavras de ordem gritadas pela população do Teixoso, que se manifestou contra o encerramento do balcão da CGD, já recolheu 3.500 assinaturas com o mesmo objetivo e vai continuar a luta.

Artigo | 18 de February

Este é o pano de fundo da ascensão de Trump: os nossos movimentos começaram a ganhar. Não digo que foram suficientemente fortes. Porém, algo estava a mudar. Por Naomi Klein

Artigo | 18 de February

Entrevista com Ricardo Robles, candidato do Bloco de Esquerda à presidência da Câmara de Lisboa e atual líder da bancada bloquista na Assembleia Municipal.

Artigos Opinião Esquerda | 18 de February

O investimento comunitário está aí. A este investimento juntar-se-á uma percentagem (15%) de financiamento nacional. Vale a pena aproveitar, diz o senso comum.