You are here

Pesquisar

Artigo | 19 de February

Tribunal militar de Rabat condenou a penas pesadas de prisão “os 24 de Gdeim Izik”, ativistas do Sahara Ocidental presos há dois anos. Amnistia sublinha as alegações de que os presos foram submetidos a tortura, incluindo violência sexual, para confessarem.