You are here

José Soeiro

Dirigente do Bloco de Esquerda, sociólogo.

Artigos do Autor(a)

2013/05/10 - 12:19pm

O Estado Social não é a causa da crise. Pelo contrário, e como se salienta no título da Conferência que amanhã terá lugar em Lisboa, organizada pelo Congresso Democrático das Alternativas, precisamos de “vencer a crise com o Estado Social e a democracia”.

2012/12/15 - 12:15am

Na ausência de uma ideia para combater a crise, de uma política para o emprego ou até de um argumento sobre os destinos do país, a direita incha-se e enche-se de criatividade: mais qualquer-coisa-empreendedorismo.

2012/08/30 - 12:16am

A proposta do Governo entende que nem todas as crianças estão "talhadas" para aprender algo mais do que serem mão-de-obra. De pequenino se impõe um destino.

2012/05/07 - 11:13am

O que se passa na Grécia é uma lição para toda a Europa. A amplitude da rejeição do extremismo da troika e da ditadura da dívida é um sinal de esperança que faz toda a diferença.

2012/03/28 - 12:54am

Decorreu, entre 16 e 18 de março, o Left Forum, encontro que juntou mais de 4 mil ativistas em Nova Iorque, organizado por muitas dezenas de associações, revistas, grupos políticos, redes de investigação, coletivos ativistas dos Estados Unidos da América. Aqui ficam alguns fragmentos desses dias em Nova Iorque.

2012/03/12 - 11:25am

Há um ano, enchemos as ruas como nunca havíamos feito. Um ano depois, onde estamos? Que caminhos percorremos? O que aprendemos no percurso? De que seremos ainda capazes?

2012/01/30 - 10:41am

Hoje a Bélgica está paralisada por uma greve geral. É uma resposta corajosa do movimento sindical à ameaça que paira no ar.

2011/12/23 - 12:01am

A lei de Procriação Medicamente Assistida que existe tem limitações e é preciso torná-la mais abrangente e não discriminatória. E a crise não é pretexto para que nada se discuta para além das questões económicas.

2011/11/14 - 10:37am

Aconteceu numa quinta-feira de 1890. Eram cerca de 8 mil operários nas ruas de Lisboa, para defender uma coisa simples: uma jornada máxima de 8 horas de trabalho por dia.

2011/09/29 - 1:22am

O programa educativo de Crato é agressivo e implica transformações substanciais na forma como concebemos a educação e a missão da escola. Mas muito do que diz cola nas representações das pessoas. Para recuperar a hegemonia, a esquerda precisa de ir à luta contra estas falsas evidências.

Pages