You are here

1970/72: Luta Armada

Na fase final do regime, houve um período conhecido como luta armada, com ações bombistas da Ação Revolucionária Armada (ARA) e das Brigadas Revolucionárias. Fernando Rosas conversa com Ana Sofia Ferreira sobre este tema. 

Ana Sofia Ferreira é doutorada em História, especialidade em História Contemporânea, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, com uma tese intitulada Luta Armada em Portugal (1970-1974). É investigadora integrada do Instituto de História Contemporânea da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade NOVA de Lisboa. Neste momento, usufrui de uma bolsa de pós-doutoramento financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia para desenvolver o projeto: “Violência política da democracia portuguesa. O caso português em contexto europeu: as FP25 de Abril (1980-1984)”. Os seus principais interesses de investigação são a história da violência política, da esquerda radical no processo revolucionário português e das oposições à ditadura. Sobre estes temas tem publicados vários livros, capítulos de livros e artigos em revistas especializadas, entre os quais se destacam: os livros La Izquierda Revolucionária en el Laberinto de la Revolución de los Claveles (Madrid: Dykinson, 2021); As esquerdas radicais ibéricas entre a ditadura e a democracia. Percursos Cruzados (Colibri, 2019) e Violência Política no Século XX – Um Balanço (IHC, 2018). É membro da comissão coordenadora da International Network of Political Violence; da Memory Studies Association e do European Consortium for Political Research.

Para não perderes nenhum programa, subscreve o Convocar a História via iTunesSpotifyDeezer ou RSS


Outros podcasts no esquerda.net

Música portuguesa n'Os Cantos da Casa: subcreve via iTunes, Deezer ou RSS.

Noticiário canábico quinzenal no Quatro e Vinte: subscreve via iTunesSpotifyDeezer ou RSS.

Leituras longas de contos e artigos no Alta Voz: subscreve via iTunesSpotifyDeezer ou RSS.

Sons de sessões públicas e conferências no Mais Esquerda: Subscreve via iTunesSpotifyDeezer ou RSS.

Termos relacionados Convocar a História