You are here

Breves

Portway avança com despedimento coletivo

83 trabalhadores da empresa de assistência aeroportuária receberam a carta de despedimento. Este é o culminar do processo aberto pela administração da empresa para despedir 256 trabalhadores, após a assinatura de um acordo de empresa que deixou de fora o SITAVA e o SIMAMEVIP. 12 trabalhadores acabaram por rescindir voluntariamente o seu contrato e outros 161 optaram por aceitar as condições impostas pela empresa para não integrarem o despedimento coletivo, entre as quais estão o congelamento salarial durante dois anos e a não progressão automática na carreira. O SITAVA já anunciou que irá pedir a impugnação deste despedimento coletivo,