You are here

Miguel Macedo suspeito em concurso de 196 milhões

O ex-ministro do PSD foi apanhado a passar informação sobre concurso que abriria meses depois. Uma das empresas vencedoras nem sequer levantou o caderno de encargos.
Novas suspeitas de tráfico de influências por parte de Miguel Macedo enquanto era governante. Foto Ricardo Graça/Lusa

Segundo a edição desta quinta-feira do Correio da Manhã, o ex-ministro da Administração Interna está sob investigação por suspeitas de tráfico de influências num concurso de manutenção de helicópteros do Estado.

Macedo já é arguido no caso dos vistos gold, que envolve uma rede ao mais alto nível do Estado e com ligações pessoais antigas ao ex-governante do PSD. Terá sido durante essa investigação que Macedo foi apanhado a passar informação sobre um concurso de manutenção de helicópteros ao seu ex-sócio, também arguido no processo dos vistos gold, Jaime Couto Alves.

O concurso só foi tornado público meses depois e a empresa Everjets, a quem foi adjudicada a manutenção de três helicópteros Kamov e 25 ligeiros por 90 milhões de euros, nem sequer chegou a levantar o caderno de encargos. Uma situação que o Correio da Manhã diz ter levantado suspeitas às autoridades.

Miguel Macedo terá ainda mexido nas condições do concurso para aumentar em quase 600 euros o preço a pagar pelo Estado por cada hora de voo de cada helicóptero Kamov.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Sociedade
Comentários (1)