You are here

As crianças, o futuro e 40 anos da Unidade Nacional Saharaui

Face a uma ONU inábil no processo de descolonização do Sahara Ocidental, o discurso do Presidente da República, Mohamed Abdelaziz foi por demais emotivo “o povo Saharaui merece viver livre e independente em paz e segurança”. Por Né Eme.
O dia 12 de Outubro consegue ser ainda mais abrangente… Perante uma vasta multidão os meninos vão passando também

Num discurso proferido numa cerimónia nos territórios livres do Sahara Ocidental, na região de Bir Lehlu, o Presidente da Republica e Secretário Geral da Frente Polisario exortou a ONU, a que “assuma as suas responsabilidades na descolonização do Sahara Ocidental a fim de organizar um referendo democrático. O povo Saharaui deve exercer o seu direito à autodeterminação e à tão merecida independência; merece que a Comunidade Internacional se apresse contra a opressão e tirania da ocupação marroquina; merece que sejam libertados todos os presos políticos do Grupo Izik Gdeim vítimas de um julgamento injusto de um tribunal militar marroquino, bem como todos os presos políticos Saharauis nas prisões marroquinas, e merece também que se acabe com o muro de ocupação marroquina, que é um crime contra a humanidade".

Mas o dia 12 de Outubro consegue ser ainda mais abrangente… Desfilam militares, trajados a rigor e alinhados na perfeição. E desfilam as crianças. Perante uma vasta multidão os meninos vão passando também.

No dia 12 de Outubro desfilam militares, trajados a rigor e alinhados na perfeição

Mesmo alheios a este facto, todos eles carregam uma pesada carga: seguir os passos dos seus antepassados até à vitoria, sem vacilar e jamais desistir.

A cada um deles pertence um nome, um sobrenome de um mártir que sucumbiu resistindo e lutando pela independência da sua Pátria.

Este dia, tão simbólico traz emoção e nostalgia, a quem assistiu, ou a quem desejaria lá ter estado. Mas traz sobretudo a certeza de que a vitória vai chegar, e apesar de todo o sofrimento a Unidade Nacional Saharaui se mantém firme, tal como a imponente bandeira do Sahara Ocidental. Lá no alto, bem no alto, é o orgulho Saharaui, símbolo de resistência e luta.

E em varias “wilayas” desfilam as crianças, em direção ao seu destino, porque delas é a esperança e o Futuro!!!

Sahara Livre!!!

Artigo de Né Eme para esquerda.net

Termos relacionados Sahara Ocidental, Internacional
(...)