You are here

Mais Muros na Europa: Áustria vai construir uma barreira na fronteira com a Eslovénia

A Áustria decidiu construir mais uma cerca na fronteira com a Eslovénia para travar a entrada de refugiados e imigrantes. Note-se que tanto Áustria como Eslovénia pertencem à União Europeia.
Criança refugiada junto a Spelfeld, na fronteira entre a Eslovénia e a Áustria. Foto de Erwin Scheriau/Epa/Lusa

A ministra do Interior da Áustria, Johanna Mikl-Leitner do partido conservador ÖVP, anunciou que a Áustria vai construir uma cerca ao longo da fronteira com a Eslovénia. O governo austríaco é um governo de coligação entre o partido social-democrata (SPÖ) e o ÖVP.

A ministra conservadora justificou a construção de mais esta barreira com a necessidade de “tomar precauções”, porque, segundo ela, "nas últimas semanas, os grupos de migrantes mostraram-se mais impacientes, agressivos e emotivos".

A ministra declarou ainda à televisão pública austríaca, que, supostamente, se trata de “garantir uma entrada ordeira [e] controlada no nosso país, não de fechar a fronteira".

Os refugiados vêm penando cada vez mais, face ao frio crescente, na fronteira entre a Eslovénia e a Áustria.

A ministra não deu pormenores sobre a barreira que vai ser construída. A Eslovénia e Áustria são países membros da União Europeia, onde era suposto haver livre circulação de pessoas, e ambos pertencem ao espaço Schengen.

O fluxo de refugiados e imigrantes da Síria e de outros países aumentou na Eslovénia, depois da Hungria ter encerrado a fronteira com a Croácia.

Cerca de 680 mil pessoas entraram na Europa fugindo das guerras e da miséria e provenientes, sobretudo, do Médio Oriente e África.

Termos relacionados Crise dos refugiados, Internacional
(...)