You are here

Técnicos do INEM fazem greve pela dignificação da carreira

Mais de uma centena de técnicos do INEM manifestaram-se esta quinta-feira em Lisboa, ao mesmo tempo que decorria um dia de greve, pela falta de conclusão da carreira que estava a ser negociada com o ministério da Saúde. Pedro Filipe Soares, líder parlamentar do Bloco e Isabel Pires, candidata por Lisboa estiveram presentes.
Mais de uma centena de técnicos manifestaram-se em frente ao ministério da Saúde, em Lisboa.

Os técnicos do INEM concentraram-se às 11 horas em frente às instalações do INEM e marcharam até ao ministério da Saúde, num dia em que também decorria uma greve nacional destes trabalhadores do INEM.

Segundo Luís Pesca, dirigente da Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicos e Sociais, há várias ambulâncias paradas no país, mas os serviços mínimos estão a ser cumpridos e nenhuma chamada ou emergência ficará por atender.

Em Lisboa, segundo o sindicato, estão paradas oito de 13 ambulâncias e no Porto encontra-se parada uma em seis ambulâncias.

A greve está a ser cumprida pelos tripulantes de ambulância do INEM e pelos trabalhadores dos Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) que consideram inaceitável que o Ministério da Saúde não tenha concluído a homologação da sua carreira.

Pedro Filipe Soares, líder parlamentar do Bloco, e Isabel Pires, candidata por Lisboa também estiveram presentes na manifestação.

Termos relacionados Sociedade
(...)