You are here

“O Alentejo merece mais esquerda no parlamento”

Mariana Aiveca, cabeça de lista do Bloco por Beja, enunciou as três prioridades da candidatura bloquista no distrito: emprego, transportes e reposição do que foi retirado nos últimos quatro anos pelo governo.
Mariana Aiveca em campanha.

No programa Prova Oral da Rádio Voz da Planície, Mariana Aiveca defendeu que a aposta do Bloco passa por “colocar as pessoas no centro da política” e concluiu que “o Alentejo merece mais esquerda no parlamento”.

A deputada bloquista que se destacou nos debates parlamentares por enfrentar os cortes na Segurança Social do ministro Mota Soares, defende que esta “prioridade às pessoas” passa pela “potenciação dos recursos regionais, entrecruzando os diversos saberes como fatores de criação de valor e fixação de emprego e população” de uma região apontada como das que mais sofreu com a desertificação do interior do país.

Outra proposta da campanha bloquista por Beja é a “reposição de tudo o que foi retirado nos últimos quatro anos e acesso a bens essenciais: saúde, educação e cultura”, resumiu Mariana Aiveca.  

“Queremos acessibilidades diferentes das que temos, que facilitem o escoamento dos nossos produtos, propomos a eletrificação da ferrovia, a requalificação do IP8 e IP2 e uma rede de transportes públicos internos, com o Estado a assumir este custo social que é o transporte público”, defendeu a candidata do Bloco por Beja.

Termos relacionados legislativas 2015, Política
(...)