You are here

Técnicos do INEM agendam greve nacional e manifestação para 1 de outubro

Profissionais acusam o Ministério da Saúde de não ter cumprido o compromisso para a revisão e negociação da carreira e de ter enganado os trabalhadores. Coordenação do Serviço de Ambulâncias de Emergência da região Centro apresentou demissão.
Foto de Vítor Antunes, Flickr.

"Os trabalhadores do INEM reivindicaram uma carreira, houve um compromisso por parte do Ministério da Saúde para a revisão e negociação da carreira e, lamentavelmente, na semana passada, o secretário de Estado Adjunto da Saúde informou-nos que esta carreira não ia ver a luz do dia nesta legislatura", afirmou Luís Pesca, dirigente da Federação Nacional de Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais em declarações à agência Lusa.

Segundo este dirigente sindical, o Ministério da Saúde andou a enganar os trabalhadores ao solicitar que suspendessem a sua luta porque a carreira estava a ser negociada e ia ser finalizada.

"Foi um engodo aos trabalhadores", vincou Luís Pesca.

Neste contexto, os técnicos de emergência e os técnicos de ambulância do INEM decidiram avançar com um pré-aviso de greve nacional para dia 1 de outubro, três dias antes das eleições legislativas. Para essa mesma data está marcada uma manifestação, que terá lugar em Lisboa.

Coordenação do Serviço de Ambulâncias de Emergência da região Centro apresentou demissão

A coordenação do Serviço de Ambulâncias de Emergência da região Centro apresentou, entretanto, um pedido de demissão ao Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Numa carta citada pela agência Lusa, o coordenador João Pedro Oliveira da Silva alega que não foi possível concretizar os objetivos propostos, nomeadamente "fazer o devido acompanhamento das equipas” e “melhorar as condições de trabalho dos profissionais".

"O nosso trabalho tem sido aprovar assiduidade, fazer escalas e arranjar pessoas para fazer o trabalho extraordinário em conjunto com os responsáveis de meio", lê-se na missiva.

Segundo o coordenador demissionário, "esta situação tem provocado um grande desgaste nesta equipa, fazendo com que a nossa capacidade de resposta para resolução de problemas esteja claramente diminuída".

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Sociedade
(...)