Mataelpino, a aldeia que trocou a largada de touros por bolas gigantes

13 de September 2015 - 14:25

A troca dos touros pelas bolas nas festividades agradou à população de Mataelpino. “As pessoas não querem ver animais amedrontados a fugir para se salvarem. Muitos animais eram feridos ou ficavam traumatizados, o que não era justo para eles”, afirma um habitante local.

PARTILHAR
A troca dos touros pelas bolas nas festividades agradou à população de Mataelpino

Em Mataelpino existia uma corrida anual de touros, como acontece em muitas outras localidades espanholas. Há cerca de cinco anos, restrições financeiras não permitiram que fossem comprados touros para a corrida anual. Os habitantes desta pequena aldeia madrilena resolveram então substituir os animais por bolas gigantes.

Desde então, todos os anos, em lugar dos touros, são libertadas bolas de grandes dimensões nas estreitas ruas de Mataelpino. O objetivo é não ser apanhado pelas bolas.  Embora o risco para os participantes seja menor, o perigo total não está excluído, pois as bolas pesam cerca de 150 quilos, com um diâmetro de 2,7 metros.

A troca dos touros pelas bolas nas festividades agradou à população de Mataelpino. “As pessoas não querem ver animais amedrontados a fugir para se salvarem. Muitos animais eram feridos ou ficavam traumatizados, o que não era justo para eles”, afirma um habitante local, citado pelo Dodo.

Para que os mais pequenos possam também participar nos festejos, a organização criou bolas mais pequenas. Todas as bolas são pintadas com caras de touros ou padrões de vaca e equipados com um chocalho, explica o portal Greensavers. 

 

Facebook video
Facebook