You are here

“Voto útil é o que garante políticas alternativas”

A campanha do Bloco de Esquerda na Madeira contou este domingo com a participação de Mariana Mortágua. Num comício no Funchal, a deputada bloquista defendeu que o voto na coligação de direita e no PS é um “voto inútil” para quem quer mudar o rumo de empobrecimento do país.
Comício do Bloco no Funchal.

Mariana Mortágua e o candidato do Bloco pelo círculo da Madeira e Porto Santo, Paulino Ascenção, contactaram com a população de Machico na manhã de domingo e participaram na sessão pública de apresentação da candidatura no Funchal.

A deputada do Bloco falou da “dívida de verdade” dos grandes partidos, que tudo prometem em campanha e tudo esquecem após serem eleitos, e também da “dívida de futuro” que deixam ao país, depois de venderem as empresas públicas estratégicas e de criarem as condições para a emigração de centenas de milhares de jovens.

Mariana Mortágua defendeu que votar nos partidos que trouxeram o país ao estado atual “é um voto inútil”, em que apenas mudarão os rostos mas não as escolhas fundamentais. Contrariando a campanha pelo voto útil que PSD/CDS e PS vão alimentando nos media, Mariana Mortágua diz que o verdadeiro voto útil para a mudança é no Bloco de Esquerda, que se bate nestas eleições por uma reforma fiscal “que vá buscar o dinheiro a quem o tem” e não à maioria dos trabalhadores e pensionistas.

Termos relacionados legislativas 2015, Política
(...)