You are here

Já é possível transportar bicicletas nos comboios de longo curso

Comboios Intercidades passaram a ter infraestruturas específicas para o transporte de bicicletas. Esta alteração recente nasceu de uma proposta apresentada pelo Bloco em 2012. Bloquistas sublinhavam que “a bicicleta é um meio de transporte ecológico e a sua eficácia e a eficácia dos transportes públicos podem ser potenciados pela complementaridade”.

Em setembro de 2012, o Bloco de Esquerda apresentou uma proposta para que fosse autorizado o transporte de bicicletas nos comboios Intercidades e Alfa e para que fossem criadas condições para esse efeito.

No documento, os bloquistas defendiam que “essa intermodalidade é essencial para uma mobilidade e um ordenamento do território sustentáveis assim como para promover o cicloturismo” e lembravam que “o transporte de bicicletas nos comboios tem sido uma das grandes reclamações e reivindicações dos utentes da CP o que reforça a necessidade do serviço público responder de imediato a esta problemática, melhorando a sua oferta”.

Em resposta, em janeiro de 2013, Verdes e PSD/CDS apresentaram propostas no mesmo sentido.

Das três propostas resultou uma Resolução da Assembleia da República, aprovada a 8 de março de 2013, com várias recomendações para o transporte de bicicletas nos comboios de longo curso da CP.

 Entretanto, foram instaladas nos comboios Intercidades as infraestruturas necessárias a este transporte, sendo possível consultar as condições particulares no site da CP.

Já no que respeita aos Alfa Pendular, e segundo esclarece a empresa, “as bicicletas podem ser transportadas desde que desmontadas e devidamente acondicionadas como bagagem que não exceda, nos porta volumes ou por baixo dos bancos, o espaço correspondente aos lugares a que tenham direito, num máximo de um volume por passageiro”. Este transporte é gratuito.

Termos relacionados Sociedade
Comentários (2)