You are here

“No domingo vamos mandar uma mensagem de democracia e dignidade à Europa e ao mundo”

Com as últimas sondagens a indicarem um empate no referendo, Tsipras fez o apelo final ao voto “contra o medo e a chantagem” para que os gregos possam fazer história outra vez.
Alexis Tsipras no comício de encerramento da campanha do 'Não' ao ultimato dos credores. Foto Left.gr

O primeiro-ministro da Grécia encerrou a campanha do ‘OXI’ (‘Não’ em grego) num ambiente eletrizante na Praça Syntagma a transbordar de gente. A eurodeputada bloquista Marisa Matias também interveio no comício final de campanha, a par de outros dirigentes da esquerda europeia.

Depois de uma campanha em que o lado do ‘Oxi’ tentou desmontar a propaganda de Bruxelas sobre o objeto do referendo – com responsáveis políticos a dizer que o voto Não seria o Não ao euro ou o Não à União Europeia – Alexis Tsipras reforçou o apelo aos eleitores: “Não deixem a Europa ficar nas mãos dos que querem asfixiar a sua tradição democrática”.

E como era de esperar, a Europa esteve muito presente no apelo ao voto de Tsipras.   “No domingo, não iremos simplesmente decidir ficar na Europa, vamos decidir viver com dignidade na Europa”, sublinhou Tsipras, lembrando que “a Europa que defendemos não tem nada a ver com chantagens e ultimatos”.

“Hoje não protestamos, estamos aqui para celebrar a democracia” e a oportunidade de “tomarmos o nosso destino nas nossas mãos“, prosseguiu Tsipras, lembrando que “todos os olhos estão postos na Grécia, na Europa e em todo o planeta”. Por isso, “no domingo iremos mandar uma mensagem de democracia e dignidade à Europa e ao mundo”, garantiu.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Internacional
(...)