You are here

Autarquias portuguesas declaram-se solidárias com o povo grego

Várias Assembleias Municipais aprovaram as moções solidárias com as medidas antiausteridade do governo de Atenas e de repúdio ao “servilismo do governo português face aos poderosos da Europa”. Em Lisboa, foi ainda aprovada uma recomendação para um acordo de geminação com Atenas.
Foto Ricardo Moreira.

As moções foram propostas pelos deputados municipais do Bloco de Esquerda em várias Assembleias Municipais e saudavam a “bela lição de dignidade e democracia” que o povo grego deu “à Europa e ao mundo” e as medidas antiausteridade adotadas pelo governo da Grécia. Para além do apoio à “exigência de renegociação das dívidas soberanas a nível europeu”, estas moções eram também de repúdio pelo “servilismo do governo português face aos poderosos da Europa”.

As moções de solidariedade foram aprovadas nas Assembleias Municipais de Lisboa, Loures, Odivelas, Portimão, Lagos, Moita, Palmela, Sesimbra, Odemira e Ponte de Sor. Iniciativas semelhantes foram chumbadas em Leiria e Salvaterra de Magos.

As moções de solidariedade foram aprovadas nas Assembleias Municipais de Lisboa, Loures, Odivelas, Portimão, Lagos, Moita, Palmela, Sesimbra, Odemira e Ponte de Sor. Iniciativas semelhantes foram chumbadas em Leiria e Salvaterra de Magos.

Para além dos votos a favor do Bloco e dos votos contra de PSD e CDS, a orientação de voto dos restantes partidos variou consoante a autarquia. Assim, a bancada do PS votou a favor da moção em Portimão, Moita, Palmela, Sesimbra e Lisboa (aqui abstendo-se no ponto da saudação das medidas antiausteridade e na defesa da renegociação da dívida a nível europeu); absteve-se em Odivelas; dividiu-se entre votos a favor, contra e abstenções em Odemira e Leiria; dividiu-se entre votos a favor e abstenções em Ponte de Sor; e entre abstenções e votos contra em Loures e Salvaterra de Magos. Quanto à bancada da CDU, acompanhou o voto favorável do Bloco, à exceção de Ponte de Sor (onde se absteve), Odemira (onde a bancada se dividiu em votos a favor, contra e abstenções) e Portimão (onde o líder da bancada se absteve e os outros deputados votaram a favor).

Em Lisboa foi ainda aprovada - com os votos contra do CDS e a abstenção do PSD e do PS —  uma recomendação no sentido de iniciar conversações para o início do processo de geminação entre as capitais portuguesa e grega, invocando não apenas a solidariedade do atual momento político mas também as relações históricas e culturais entre as duas cidades.

Termos relacionados Política
(...)