You are here

NASA destaca trabalho de fotógrafo amador português

A Agência Espacial Norte Americana (NASA) escolheu como “foto do dia” uma fotografia do astro-fotógrafo amador Nuno Serrão, tirada a 25 de fevereiro.
A fotografia pode ser observada em: http://apod.nasa.gov/apod/astropix.html

A fotografia em causa retrata a conjugação de três planetas e uma nuvem de forma lenticular, uma formação nublosa que é parecida a um Objecto Voador Não Identificado, razão para ter sido escolhida.

"Fui contactado por um astrónomo que faz a gestão do sítio da internet 'Astronomy Picture of the Day' (APA) e o interesse deles foi por uma fotografia que eu tinha tirado à conjunção de Vénus, Marte e da Lua, no dia 25 de fevereiro, em que também aparecia uma nuvem lenticular", explicou o fotógrafo à agência Lusa.

O APA está ativo desde 16 de junho de 1995 e, todos os dias, coloca uma fotografia "diferente do universo", num sítio da internet gerido pela NASA e pela Universidade Tecnológica do Michigan, nos Estados Unidos.

De acordo com Nuno Serrão, "esta será nona vez que a fotografia de um português está como fotografia do dia", naquele sítio da internet.

A fotografia em causa não foi tirada ao acaso, já que Nuno Serrão andava "há mais de seis meses a tentar captar a estação internacional espacial", mas o azar da existência de nuvens ou de chuva sempre lograram essa expectativa, quando a estação passa por cima da ilha da Madeira.

O astrónomo que fez a descrição da foto refere mesmo que a intenção inicial "era fotografar um raro ângulo em que se conjugariam Marte, Vénus, com o bónus de uma Lua crescente e a estação espacial".

Nuno Serrão é diretor criativo numa empresa de publicidade e fotógrafo, incluindo a variante da astro-fotografia, e reconhece que a foto em causa "é a menos espetacular do céu noturno", mas também foi aquela que teve mais impacto exatamente por ter apanhado "este momento" em especial.

"Esta teve a particularidade de, na Madeira, ter a coincidência de ter esta nuvem de forma muito particular para acompanhar este momento", explica.

Reconhece ser "uma satisfação enorme" porque desde pequeno, "apenas com sete anos", tinha o hábito de ir para o terraço "olhar as estrelas" e porque, sendo fã de astronomia e de física teórica, ter uma fotografia destacada pela NASA "é um orgulho".

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Cultura
(...)