You are here

Alice Brito

Advogada, dirigente do Bloco de Esquerda. Escreve com a grafia anterior ao acordo ortográfico de 1990

Artigos do Autor(a)

2015/02/26 - 1:35am

Com um ar inocente de quem não parte um prato, sorriso aberto, deferente e reverente, a ministra, sentadinha ao lado de Schäuble, protagonizou mais uma cena macaca e vexatória para o Portugal amarfanhado do tempo que corre. Tempo penoso.

2014/11/29 - 8:33am

Quem avisou a televisão? Seja Sócrates culpado ou inocente, temos o direito de saber.

2014/11/08 - 11:23pm

Luís XVI recebia o terceiro estado na cama. Deitadinho, refastelado, falava com quem se preparava para lhe cortar a cabeça. O ministro da Economia vai ao parlamento ou de cueca ou de bjeca no bucho.

2014/09/24 - 12:00am

Passos Coelho é um primeiro-ministro kitsch.

2014/09/04 - 4:05pm

A banca nunca teria sido o que é se alguma vez alguém a tivesse obrigado a parar. As regras bancárias são regras de gestão do caos, feitas pela própria banca para melhor se desregular.

2014/07/29 - 12:07am

Há tempos foi morta a advogada que tratou de um divórcio. Dias antes, um tipo baleara a cunhada, a sogra e a filha. Microcosmos desvairados. O que é isto?

2014/05/04 - 12:09am

Se tu soubesses o que eu penso de ti, mesmo sendo eu um número, uma brevíssima parcela de uma estatística qualquer, uma ínfima criatura desconhecida, ficavas ofendido.

2014/02/26 - 12:57am

Os escrúpulos não foram ao congresso. Nem sequer se passearam por lá nos bastidores. Recusaram-se a acompanhar o Marcelo ou o outro comentador.

2014/02/05 - 6:39pm

A direita investiu na praxe. Um investimento que lhe tem saído frutuoso. Um movimento estudantil domesticado a fazer flexões na coreografia de praxes reeditadas, sendo que a primeira edição não era já publicável.

2013/05/26 - 12:01am

Os contratos são para ser cumpridos. Assim se diz desde o matricial direito romano. Por isso, os contratos podem ser só de palavra. Aquilo a que dantes se chamava uma palavra de honra. Mas a honra parece que emigrou de Portugal.

Pages