You are here

Só em 2014, Portugal pagou à troika 2 mil milhões de euros

Síntese publicada pela Direção-Geral do Orçamento (DGO) mostra que País pagou 2.009,5 milhões de euros em juros e mais 18,6 milhões de euros em comissões. Valor é superior em 240 milhões ao de 2013.
Fatura de juros de 2014 é o dobro de 2012. Imagem de Pixabay.

Em 2014, Portugal pagou à troika mais de 2.000 milhões de euros em juros e comissões pelo empréstimo que foi anunciado como um resgate do país. Esse valor representou um gasto de mais 240 milhões em relação a 2013, de acordo com números oficiais divulgados esta sexta-feira.

A síntese da execução orçamental publicada pela Direção-Geral do Orçamento (DGO), mostra que Portugal pagou aos credores internacionais 2.009,5 milhões de euros em juros e mais 18,6 milhões de euros em comissões.

Em 2013, o Estado português pagara um total de 1.759,3 milhões de euros em juros e comissões referentes ao Programa de Assistência Económica e Financeira.

No total, a fatura com juros e comissões do empréstimo da 'troika' já chegou quase aos 5 mil milhões de euros.

No conjunto do ano passado, contabilizando todos os instrumentos de dívida direta do Estado, Portugal gastou 7.098,4 milhões de euros com encargos com a dívida, um aumento de 1,3% face ao período homólogo, quando estes encargos se situaram nos 7.010,4 milhões de euros.

Troika já arrecadou quase 5 mil milhões com Portugal

No total, a fatura com juros e comissões do empréstimo pagos à 'troika' já chegou quase aos 5 mil milhões de euros, considerando os valores desde 2012 até 2014. O valor destes pagamentos tem vindo a crescer. Portugal pagou à troika 1080 milhões em 2012, 1759 milhões em 2013, e 2009,5 milhões em 2014.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Sociedade
(...)