You are here

Voto de condenação pela prisão e punição de Raif Badawi aprovado por unanimidade na AR

A Assembleia da República aprovou por unanimidade o voto proposto pelo Bloco de Esquerda de condenação da prisão e punição de Raif Badawi, condenado na Arábia Saudita a 10 anos de prisão e mil chicotadas, por “'violação dos valores islâmicos', 'propagação do pensamento liberal' e por hipotética ridicularização das autoridades islâmicas do país”.
"10 anos e 1.000 chicotadas apenas por blogar" - Cartaz da Amnistia Internacional

O Parlamento aprovou nesta sexta-feira o voto proposto pelo Bloco de Esquerda. Nele, a Assembleia da República “condena a prisão de Raif Badawi, a sua punição pública por chicoteamento e junta-se ao clamor internacional pela sua imediata libertação”.

No texto do voto aprovado, refere-se que Raif Badawi “é cofundador do site Rede Liberal Saudita, um fórum de debate online social e político, onde foi autor de vários textos críticos às autoridades religiosas do país”.

“Defensor da liberdade de expressão e da separação entre Estado e igreja, Raif Badawi foi considerado prisioneiro de consciência pela Amnistia Internacional em 2012 aquando da sua detenção por “’violação dos valores islâmicos’, ‘propagação do pensamento liberal' e por hipotética ridicularização das autoridades islâmicas do país”, aponta ainda o voto proposto pelo Bloco.

Termos relacionados Política
(...)