You are here

Massacre na Nigéria: Ataque de Boko Haram mata 2 mil pessoas

A Amnistia Internacional assinala em comunicado que este poderá ser “o ato mais letal no catálogo de ataques cada vez mais depreciáveis” do grupo. O assalto a Baga provocou a fuga de sete mil refugiados para Chad, segundo avança o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur).

“Se as informações que nos chegaram estão corretas, a cidade de Baga foi completamente arrasada e centenas de civis – ou inclusive até 2000 – foram mortos, estamos perante uma sangrenta e perturbadora escalada de massacres do grupo [Boko Haram] contra a população”, referiu o investigador da Amnistia Internacional Daniel Eyre, citado pela France Press.

Os ataques a 16 aldeias do nordeste do país terão ainda causado a fuga de sete mil refugiados para Chad, segundo avança o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur). Os nigerianos foram alojados em localidades localizadas a 450 km da capital.

O Público espanhol refere que várias testemunhas relataram a forma como os membros da seita islâmica dispararam indiscriminadamente sobre a população e queimaram as suas casas. A maioria das vítimas são mulheres, crianças e idosos que não conseguiram fugir do massacre.

Termos relacionados Internacional
(...)