You are here

José Sócrates detido para interrogatório

O ex-primeiro-ministro foi detido à chegada ao aeroporto de Lisboa esta sexta-feira à noite. Em causa está um processo de corrupção, branqueamento de capitais e fraude fiscal.
Foto RTP/Flickr

A Procuradoria Geral da República (PGR) confirmou em comunicado a detenção de José Sócrates e de outras três pessoas no âmbito de um processo de corrupção, branqueamento de capitais e fraude fiscal. O antigo primeiro-ministro foi detido quando aterrou no aeroporto de Lisboa esta sexta-feira.

Segundo as notícias avançadas pelo Expresso, os investigadores pretendem saber a origem do dinheiro que pagou a casa que Sócrates ocupou quando se mudou para Paris, avaliada em três milhões de euros, .

“O inquérito, que investiga operações bancárias, movimentos e transferências de dinheiro sem justificação conhecida e legalmente admissível, encontra-se em segredo de justiça”, diz o comunicado da PGR. Os outros três detidos foram ouvidos pelo juiz Carlos Alexandre esta sexta-feira.

A PGR esclarece também que  “esta investigação é independente do denominado inquérito Monte Branco, não tendo tido origem no mesmo” e que José Sócrates será presente a interrogatório durante o dia de sábado.

Termos relacionados Política
(...)