You are here

Xanana quer juízes portugueses seus amigos de volta

Por ordem do Conselho de Ministros, foram expulsos sete magistrados portugueses de Timor. Agora, Xanana Gusmão quer os dois juizes em que confia de volta. A decisão será tomada esta segunda-feira numa reunião entre os ministros da Justiça de Timor e Portugal.
Os 22 magistrados timorenses, atualmente a exercer funções em Díli, opõe-se ao regresso destes juízes pelos casos controversos em que estão envolvidos.

O primeiro-ministro timorense pretende que dois juízes lusos regressem aos seus anteriores postos em Díli. Há duas semanas, Xanana Gusmão mandou expulsar sete magistrados portugueses.

Avança a edição desta segunda-feira do Diário de Notícias que em causa estão Cláudio Ximenes e Margarida Veloso. Ambos são considerados amigos chegados de Xanana, que pretende que prossigam com o seu trabalho.

No entanto, esta vontade de Xanana está a causar polémica no meio judicial timorense. Os 22 magistrados timorenses, atualmente a exercer funções em Díli, opõe-se ao regresso pelos casos controversos em que estão envolvidos.

Margarida Veloso - a mais chegada a Xanana - em 2010, solicitou a reforma por invalidez, tinha à época 50 anos, contudo continuou a exercer magistratura. Cláudio Ximenes esteve envolvido no caso relativo à ministra da Justiça, Lúcia Lobato, tendo no âmbito do processo lhe enviado um email em que garantia que esta seria libertada, situação que não caiu bem no seio da comunidade jurídica timorense, avança o DN.

O retorno dos magistrados, bem como outros aspetos relativos à cooperação judicial entre ambos os países, será discutida numa reunião entre Paula Teixeira da Cruz e Dionísio Babo, ministros da Justiça de Portugal e Timor.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Política
(...)