You are here

Memórias: Revolução de Outubro

No dia 7 de novembro (25 de outubro no calendário juliano, então em vigor), os bolcheviques tomaram o poder na Rússia, instaurando o primeiro Estado socialista da História. Por António José André.
A revolução de Outubro foi um movimento inspirado por uma onda de entusiasmo e pelas visões utópicas da emancipação do poder.

A Revolução de Fevereiro tinha derrubado a autocracia czarista, substituindo-a por um sistema liberal–burguês. O isolamento político do chefe do governo provisório russo, Aleksandr Kerensky, a perda de apoio popular e o fortalecimento dos bolcheviques acabariam por conduzir ao levantamento de outubro.

A Revolução russa de 1917 foi um momento decisivo na História e pode ser considerada um dos maiores acontecimentos do século XX. Tal como a Revolução Francesa, polarizou as opiniões por longo tempo. Na opinião do autor destas linhas, constituiu um marco na emancipação da humanidade.

A revolução de Outubro foi um movimento inspirado por uma onda de entusiasmo e pelas visões utópicas da emancipação do poder. Os sovietes (conselhos locais de trabalhadores e camponeses) surgiram por toda a Rússia. Comissões de trabalhadores nas fábricas reivindicaram o exercício da autoridade nas suas áreas. Os camponeses ocuparam as terras e dividiram-nas.

Para os bolcheviques, derrubar o governo provisório não era tudo. Colocar-se no seu lugar e criar uma nova ordem social voltada para as aspirações das massas de trabalhadores e camponeses eram tarefas muito mais complexas. Passados alguns dias, o lema dos bolcheviques “Todo o poder aos sovietes! Paz, pão e terra!” espalhar-se-ia pela imensidão de “todas as Rússias”.

Leia mais em: http://www.esquerda.net/topics/dossier-060-revolu%C3%A7%C3%A3o-de-outubro

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Cultura
(...)