Proposta de Pablo Iglesias vence no Podemos

27 de October 2014 - 19:10

Partido decide candidatar-se às eleições legislativas e autonómicas sob a sua sigla e integrar coligações nas municipais. Proposta de Pablo Iglesias foi aprovada com mais de cem mil votos.

PARTILHAR
112.070 pessoas dos mais de 200.000 inscritos no Podemos participaram nestas votações, o que corresponde a cerca de 55%.

Sem grandes surpresas, a proposta do eurodeputado Pablo Iglesias e, até agora, principal rosto do partido, foi a mais votada pelos membros do Podemos, pelo que a organização irá adotar de imediato o documento sobre “princípios éticos, políticos e organizativos” da equipa Claro que Podemos, que reúne o núcleo duro de Iglesias.

Nos próximos dias, Pablo Iglesias deverá apresentar a sua candidatura a secretário-geral, tal colmo previsto nos documentos aprovados. O que também já ficou definido é que a formação não irá concorrer sob a sua sigla nas eleições autárquicas, integrando coligações, mas irá sozinho às eleições autonómicas e legislativas.

Os três documentos da equipa de Iglesias, que não podiam ser votados em separado, obtiveram mais de 90.000 votos nas três categorias, um deles obteve 80,7% dos 112.0770 registados. O documento da equipa dos eurodeputados Pablo Echenique e Teresa Rodríguez, Sumando Podemos, foi o segundo mais votado em todas as categorias, recolhendo 12,3% dos apoios, mais de 12.000 votos.

112.070 pessoas dos mais de 200.000 inscritos no Podemos participaram nestas votações, o que corresponde a cerca de 55%.

A partir desta segunda-feira o Podemos enfrenta uma nova etapa. Debatido e aprovado o modelo organizativo, os princípios éticos e a linha política, segue-se a apresentação de candidaturas aos órgãos de direção do movimento, cujas votações decorrerão entre 11 e 14 de novembro.