You are here

Marisa Matias apoia fim de subsídios a touradas, mas proposta não passa no PE

Um eurodeputado holandês propôs que os subsídios da PAC deixassem de poderem ir para a criação de touros para a tauromaquia. No Parlamento Europeu a proposta foi aprovada, mas precisava de maioria absoluta que não teve. De Portugal, apenas três deputadas votaram a favor da proposta, entre as quais Marisa Matias.
Proposta venceu no Parlamento Europeu por 323 votos a favor contra 309 e 58 abstenções. Porém, não foi aprovada, uma vez que precisava de ter maioria absoluta, 377 votos

O site Vida Animal noticia que na passada quarta-feira o Parlamento Europeu manteve os subsídios às touradas e informa sobre como votaram os eurodeputados portugueses.

O deputado holandês Bas Eickhout propôs que os subsídios da UE no âmbito da PAC deixassem de poder ser usados na criação de touros para a tauromaquia. A proposta venceu por 323 votos a favor contra 309 e 58 abstenções. Porém, a proposta não foi aprovada, uma vez que precisava de ter maioria absoluta, 377 votos.

Dos 21 eurodeputadas e eurodeputados portugueses apenas 3 votaram a favor da proposta: Marisa Matias do Bloco de Esquerda, Ana Gomes e Liliana Rodrigues (ambas do PS).

Entre os restantes deputados do PS, 5 votaram contra (Carlos Zorrinho, Elisa Ferreira, Francisco Assis, Maria João Rodrigues e Pedro Silva Pereira) e um não votou (Ricardo Serrão Santos).

Do PSD, 5 deputados votaram contra ( Carlos Coelho, Fernando Ruas, José Manuel Fernandes, Paulo Rangel e Sofia Ribeiro) e uma não votou (Cláudia Monteiro de Aguiar). Nuno Melo do CDS-PP absteve-se.

Os três deputados da CDU (Inês Cristina Zuber, João Ferreira e Miguel Viegas) não votaram.

Marinho e Pinto (Independente/MPT) não votou e José Inácio Faria (MPT) absteve-se.

Termos relacionados Animais, Política
(...)