You are here

Secretário de Estado demite-se após acusação de plágio

João Grancho apresentou o pedido de demissão esta sexta-feira, depois do jornal Público ter revelado um caso de plágio numa comunicação apresentada em 2007.
João Grancho apresentou a demissão. Foto Pedro Nunes/Lusa

Segundo a notícia do Público, João Grancho apresentou uma comunicação num seminário em Espanha onde constava a transcrição de alguns parágrafos de dois artigos académicos, sem os citar na bibliografia. O agora ex-Secretário de Estado representava a Associação Nacional de Professores, à qual presidia.

Esta sexta-feira, o gabinete de João Grancho respondeu à notícia, refutando as acusações de plágio, por não se tratar de um trabalho académico, mas apenas um documento de trabalho. Horas depois, o secretário de Estado apresentou a demissão ao ministro.

“Nós no Instituto da Educação consideramos que – e explicamos isso aos nossos alunos – é intelectualmente desonesto copiar um texto como se fosse feito por nós, seja um texto científico ou qualquer outro texto”, disse ao Público João Pedro da Ponte, um dos autores dos trabalhos que João Grancho aproveitou para a sua comunicação sem fazer referência aos autores originais.

Termos relacionados Política
(...)