You are here

Câmara do Funchal realiza sessão solene com a população

Rodrigo Trancoso, presidente da assembleia municipal e dirigente do Bloco de Esquerda, afirmou na sessão "tornamos, a solenidade, transparente e acessível a todos os que a ela quiseram, livre e democraticamente, assistir” e lamentou que “haja quem, que, com este procedimento, não se sinta, agora, confortável", numa clara alusão a Alberto João Jardim.

Por proposta do Bloco de Esquerda, o Dia do Município do Funchal teve uma Sessão Solene, aberta a toda a população, na Praça do Município.

Perante cerca de duas centenas de convidados e muitos munícipes, o Presidente da Assembleia Municipal do Funchal, Rodrigo Trancoso, afirmou que a Mudança política que levou a que uma coligação de partidos, que o Bloco de Esquerda integra, permite que "finalmente, ao fim de décadas, todos os grupos municipais, tenham o direito de se fazer ouvir" na Sessão Solene do Dia da Cidade.

O Presidente da Assembleia Municipal do Funchal, que é também dirigente regional do Bloco de Esquerda da Madeira, afirmou que ao trazer a Sessão Solene para a Praça do Município, para junto da população funchalense, "tornamos, a solenidade, transparente e acessível a todos os que a ela quiseram, livre e democraticamente, assistir. Lamenta-se, no entanto, que haja quem, que, com este procedimento, não se sinta, agora, confortável", numa clara alusão ao facto do Presidente do Governo, que recusou participar nas comemorações ao contrário do que vinha acontecendo.

Por seu turno, o Presidente da Câmara do Funchal, Paulo Cafôfo, enumerou as várias medidas de apoio social colocadas em marcha pelo Executivo da Mudança, das quais destacou, o programa de apoio aos medicamentos, o programa "Câmara à Porta", bem como a redução do IMI e o Programa de apoio ao arrendamento social.

Termos relacionados Política
(...)