You are here

Comércio mundial continua em queda

Índice Baltic Dry chega a mínimos de 30 anos, mostrando a redução da procura mundial de produtos e das ordens de carga para todo o tipo de naves de transporte. Por Marco Antonio Moreno, El Blog Salmon
Índice apresenta o nível mais baixo desde 1986
Índice apresenta o nível mais baixo desde 1986

Um dos indicadores mais importantes para o comércio mundial, o Baltic Dry Index (BDI), caiu de forma contínua nos últimos 18 meses, atingindo os níveis mais baixos dos últimos 28 anos. Este índice indica a procura de transporte marítimo e, portanto, o volume do comércio pelos oceanos do mundo. Nesta semana, como informa o blog financeiro Zero Hedge, atingiu o seu nível mais baixo desde julho de 1986. O BDI manteve uma tendência de baixa durante 18 meses, mostrando a queda da procura mundial de produtos, e das ordens de carga para todo o tipo de naves de transporte (porta-contentores e carga a granel).

No início do ano alertámos que este índice (BDI) caía mais de 40 por cento em relação ao ano anterior, e que era o pior começo de ano para o comércio marítimo em mais de três décadas. Em Janeiro, o BDI chegava aos 1.370 pontos, quando em 2008 atingira os 9.000 pontos. Ao longo do ano, a queda deste índice continuou, como assinalámos em abril, mês em que chegou aos 1.000 pontos, ou a começos deste mês, quando atingiu os 814 pontos. Agora encontra-se em 730 pontos e continua em queda.

O Baltic Dry Index (BDI) é publicado pelo Baltic Exchange em Londres e é considerado um barómetro do comércio mundial e da atividade económica geral. Mede o custo das principais matérias primas que transportadas por via marítima na economia global, através da oferta e a procura de transporte. Um alto índice reflete uma procura forte e uma atividade económica vigorosa. Um índice baixo, por sua vez, é o reflexo de uma procura fraca e de uma atividade económica deprimida. A queda deste indicador durante 18 meses seguidos e o facto de hoje se encontrar no nível mais baixo desde 1986 é o reflexo da forte queda do comércio mundial. É o resultado da fria política de contração de procura que fez disparar o desemprego, amplificando e ampliando ainda mais o ciclo recessivo. A queda contínua do comércio marítimo mundial é o reflexo de uma economia que ameaça passar por um longo e profundo estancamento, no meio das conflitivas tensões geopolíticas.

25 de julho de 2014

Tradução de Luis Leiria para o Esquerda.net

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Sociedade
(...)