You are here

Catarina Isabel Martins

Professora universitária, dirigente do Bloco/Coimbra

Artigos do Autor(a)

2020/07/17 - 4:26pm

Ao longo da pandemia que vivemos, muitas vozes sinalizaram a oportunidade de transformações profundas. Urge concretizar esta oportunidade, também em Coimbra, no sentido de assumir como prioridade as pessoas e a comunidade.

2020/06/13 - 10:06am

Coimbra não tem tecido social sem esta população académica. Não terá economia, sem as instituições do ensino superior e tudo o que em torno delas gravita. Deixará de ser a cidade do conhecimento e podemos esquecer a capital da cultura.

2020/05/21 - 12:22pm

Pensar o “novo normal” não pode ser um falso salto para tornar a formação e a investigação num negócio, desigual e assente na exploração, bem como em modelos de gestão que reforçam o autoritarismo e diminuem os direitos ao trabalho e à educação.

2017/06/11 - 5:15pm

A 2 de junho, foi apresentado em Coimbra pelo Ministro das Infraestruturas a solução para o Sistema de Mobilidade do Mondego. Dizer que a solução MetroBus é má é tão óbvio, tão verdadeiro e tão necessário quanto gritar “O Rei Vai Nu”.

2015/12/30 - 11:40am

O que a Marisa nos mostra é que podemos, com a esperança, reconquistar a democracia.

2015/09/26 - 11:11pm

O sítio das mulheres tem de ser o lugar dos direitos, o lugar da dignidade e – mais – o lugar da realização individual e coletiva e – ainda mais – o lugar do poder, do poder democrático e responsável.

2015/04/26 - 9:31am

O que se passou nos últimos meses no Exploratório Centro Ciência Viva de Coimbra é exemplar de um processo repleto de manobras políticas obscuras, negócios nada transparentes, manipulação de informação, e abuso de poder.

2015/03/24 - 11:47pm

Importa que as razões que agora movem os representantes locais de Coimbra de PS e PSD contra a privatização da água sejam as boas e óbvias razões com que enchem a boca.

2015/03/14 - 10:36am

A propósito do convento de S. Francisco. É sabido por quem acompanhou o Movimento Cidadãos por Coimbra, desde o seu surgimento, já lá vão dois anos (4 de Março de 2013), que o Convento de S. Francisco tem ocupado um lugar importante nas nossas preocupações e nas nossas propostas.

2015/01/30 - 10:57pm

Pelos vistos, aprendemos pouco com Auschwitz. Falhámos o mais concreto e o mais importante: que o nazismo se deu em solo europeu, foi construído ao longo de décadas em que o inimigo não era o Islão, mas o judeu, não somente para os alemães, mas para a generalidade da Europa.

Pages