You are here

João Vasconcelos

Professor. Mestre em História Contemporânea.

Artigos do Autor(a)

2020/11/29 - 2:02pm

De todas as regiões do país, o Algarve surge como a mais vulnerável e se não forem tomadas medidas extraordinárias a curto e médio prazo os impactos da crise irão revelar-se avassaladores.

2020/10/29 - 11:35pm

O Orçamento de Estado para o próximo ano, da responsabilidade do Governo PS, não responde às necessidades do país e, muito menos, no combate com êxito à pandemia da Covid 19.

2020/10/02 - 2:02pm

Infelizmente, o Plano Costa Silva nada refere sobre a eliminação das taxas de portagens nas antigas SCUT. Assim sendo, as assimetrias e as desigualdades regionais irão prevalecer por muitos anos e, até agravar-se.

2020/04/19 - 10:49am

International Peace Bureau (IPB), a organização não-governamental pacifista mais antiga do mundo, denunciou que as despesas militares são hoje 50% maiores que no fim da “Guerra Fria” e defende que a prioridade deve ser a favor da saúde.

2020/02/24 - 4:08pm

Passados 46 anos desde a Revolução de Abril Portugal continua a ser um dos países mais centralistas da OCDE, do ponto de vista político e administrativo, com a consequente hipertrofia burocrática e orçamental.

2020/02/06 - 11:00pm

No passado dia 27 de janeiro foi evocado o 75.º aniversário da libertação do campo de concentração e extermínio de Auschwitz-Birkenau, Polónia, pelo Exército Vermelho.

2019/03/13 - 11:11pm

O presidente da EMPORDEF fez uma acusação gravíssima: a gestão dos extintos Estaleiros Navais de Viana do Castelo teve atos que classificou como "alta corrupção". A luta contra a corrupção não é compatível com muros de silêncio.

2017/11/28 - 3:45pm

O Bloco de Esquerda apresentou várias propostas para a melhoria do Orçamento de Estado, a nível do poder local.

2017/11/24 - 4:26pm

O Bloco de Esquerda apresentou várias propostas para a melhoria do Orçamento de Estado, a nível do poder local.

2017/05/26 - 10:46pm

Acima de tudo, torna-se imperioso saber a verdade, saber os porquês de todo este esquecimento conveniente, de todas as manipulações da história sobre o 27 de maio.

Pages