You are here

Bloco: Eusébio é “símbolo nacional e da África lusófona”

Numa nota de imprensa, o Bloco de Esquerda lembra que Eusébio “com a sua alegria e feitos desportivos contagiou de esperança milhões de cidadãos que viviam num Portugal fechado e isolado do Mundo por um regime sombrio e que menorizou o país”. O coordenador nacional do Bloco, João Semedo, lembra, no seu facebook, o dia em que, em adolescente, conheceu o jogador de futebol.

Numa nota pessoal publicada na sua página de facebook, intitulada "Morreu Eusébio, o grande Eusébio", o coordenador nacional do Bloco de Esquerda lembra o dia em que, em adolescente, conheceu Eusébio.

João Semedo refere ainda "a forma como Eusébio lidava com as tentativas do regime salazarista para se apropriar a seu favor dos seus  feitos desportivos e do clube que representou durante toda a sua vida, o glorioso SLB, o Sport Lisboa e Benfica", sublinhando que nunca viu nem ouviu "da boca de Eusébio qualquer declaração laudatória da ditadura".

"Do que me lembro bastante bem, foi da forma entusiástica com que recebeu a independência de Moçambique", avançou o dirigente bloquista, recordando, também, "as suas palavras frequentes de apoio e solidariedade às vítimas das desigualdades e da extrema pobreza que mancham o mundo contemporâneo, seres humanos dos quais Eusébio nunca se esqueceu".  

Numa nota de imprensa, o Bloco de Esquerda frisa que Eusébio “com a sua alegria e feitos desportivos contagiou de esperança milhões de cidadãos que viviam num Portugal fechado e isolado do Mundo por um regime sombrio e que menorizou o país”.

O esquerda.net transcreve, neste artigo, o comunicado divulgado pelo Bloco:

“Morreu Eusébio da Silva Ferreira, não apenas um dos maiores jogadores do futebol mundial, mas um símbolo nacional e da África lusófona. Expoente máximo da seleção nacional de futebol e do seu clube de sempre, o Sport Lisboa e Benfica, os feitos desportivos de Eusébio ainda hoje são recordados nos quatro cantos do mundo.

Nome maior do desporto nacional e mundial, Eusébio, com a sua alegria e feitos desportivos contagiou de esperança milhões de cidadãos que viviam num Portugal fechado e isolado do Mundo por um regime sombrio e que menorizou o país.

O Bloco de Esquerda expressa as mais sentidas condolências à família e amigos de Eusébio da Silva Ferreira, ao Sport Lisboa e Benfica, bem como a todos quantos se reveem no exemplo pessoal e desportivo por ele personificado”.

Termos relacionados Política
(...)