You are here

Fukushima mata uma pessoa por dia

Efeitos diretos e indiretos da tragédia nuclear de Fukushima provocam uma morte por dia revelou Yotaro Hatamura, ex-presidente da comissão japonesa de inquérito ao acidente e professor universitário.
Efeitos diretos e indiretos da tragédia nuclear de Fukushima provocam uma morte por dia

Numa conferência em Madrid, Hatamura explicou que os efeitos são físicos e psicológicos. O especialista baseou os cálculos no facto de nos últimos seis meses se terem registado 180 mortes em consequência da tragédia.

Yotaro Hatamura afirmou que os problemas provocados pelo acidente têm provocado stress, ansiedade e perturbações psicológicas que, em muitos casos, são mais graves do que os danos físicos.

As declarações do professor japonês, durante uma conferência na Fundação Ramón Areces, não incluíram dados sobre as consequências de acontecimentos actuais ocorridos no local da tragédia. As fugas de águas contaminadas com percentagens de radioactividade muitos milhares de vezes superiores às admissíveis por um organismo humano continuam a acontecer com regularidade quase diária. Tempestades ocorridas nas últimas semanas têm provocado derrames muito superiores aos habituais enquanto os técnicos continuam sem soluções para assegurar a circunscrição das águas contaminadas em consequência da tragédia.

Artigo publicado no portal do Bloco de Esquerda no Parlamento Europeu

Termos relacionados Ambiente
Comentários (2)