You are here

Marisa Matias

Eurodeputada, dirigente do Bloco de Esquerda, socióloga.

Artigos do Autor(a)

2014/03/02 - 1:02am

O governo aposta no aumento da despesa que temos com juros da dívida, muito mais do que o investimento em qualquer setor da sociedade, apenas para empurrar o problema para o futuro e o esconder no curto prazo.

2014/02/26 - 6:03pm

O PE votou um relatório que recomenda aos Estados Membros a criminalização dos clientes de prostituição, ou seja, que adotem o chamado "modelo nórdico". Trata-se de uma proposta ambígua, que junta como parte do mesmo problema o trabalho sexual, o tráfico de seres humanos e qualquer forma de exploração sexual.

2014/02/23 - 11:50am

O centro da política europeia nos últimos anos pode resumir-se facilmente num título que li há algum tempo no Le Monde Diplomatique: “Pobres, o vosso dinheiro interessa-lhes”.

2014/02/02 - 12:36am

Uma Sociedade da família Soares dos Santos foi a empresa privada que mais benefícios fiscais recebeu em 2012. Percebe-se com mais rigor o verdadeiro sentido do famoso slogan da cadeia de supermercados Pingo Doce: “Sabe bem pagar tão pouco”.

2014/01/17 - 6:58pm

O governo escolheu os seus adversários. São os idosos, as minorias étnicas, os pobres, os professores, os desempregados. Faltava completar a lista. Os seus adversários são também os gays e as lésbicas.

2014/01/05 - 12:00am

Do outro lado do mundo, no dia em que o ano se despedia, vinha esta notícia: as autoridades japonesas começaram a recrutar pessoas sem-abrigo e desempregados para os trabalhos de limpeza da central nuclear de Fukushima.

2013/12/20 - 6:11pm

As reuniões do Conselho Europeu começam a parecer-se cada vez mais com reuniões de encontro de lobbies e respondem cada vez menos às necessidades dos povos europeus. Nesta última cimeira dos governos, deixaram entrar mais um lobby de peso: a indústria do armamento.

2013/12/07 - 11:42pm

A Mandela não devemos apenas as homenagens e as memórias, devemos saber merecê-lo.

2013/11/10 - 12:30am

Portugal é hoje um país mais pobre e mais desigual, mas com mais ultramilionários.

2013/10/27 - 12:00am

Parece que o facto de os Estados Unidos espiarem a Europa sempre tem alguma relevância para os líderes europeus. O que já era mais do que evidente para o comum dos mortais não o era para eles, e passou a ser.

Pages